Apenas quatro fundos imobiliários acumulam valorização em 2020

Levantamento aponta que rentabilidade dos principais ativos do segmento variam entre alta de 8,6% e perda de 7% de janeiro a junho

Fundo BB Renda Corporativa lidera ganhos em 2020

Fundo BB Renda Corporativa lidera ganhos em 2020

Pixabay

Somente quatro dos FIIs (Fundos Imobiliários) que compõem o IFIX (Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários) apresentaram valorização no acumulado de 2020 até o dia 5 de junho, segundo levantamento feito pelo buscador de investimentos Yubb.

No período, a rentabilidade dos principais ativos de renda variável ligados ao mercado imobiliário variou entre o ganho de 8,6% e a perda de 7%.

Leia mais: Reabertura impulsiona atratividade dos fundos imobiliários

No topo da relação aparece o fundo BB Renda Corporativa, cujo investimento está atrelado a agências bancárias. "Mesmo com os comércios fechados, os bancos são algumas das maiores empresas que existem no país. Dessa forma, são inquilinos que não deixam de pagar aluguel", analisa o fundador do Yubb, Bernardo Pascowitch.

Na sequência, aparecem dois fundos ligados a hospitais. "Como estamos em uma crise de saúde, a demanda por hospitais está muito maior. Hoje, os fundos imobiliários que investem em hospitais tendem a ser melhores do que outros FIIs de setores que estão com suas atividades fechadas", explica Pascowitch.

Conheça a rentabilidade dos FIIs que compõem o IFIX:

1º lugar - BB Renda Corporativa (BBRC11): 8,66%
2º lugar - JHSF Rio Bravo Fazenda Boa Vista Capital Protegido (RBBV11): 2,47%
3º lugar - Green Towers (GTWR11): 0,77%
4º lugar - Hospital Nossa Senhora de Lourdes (NSLU11): 0,51%
5º lugar - Capitania Reit FoF (CPFF11): 0%
6º lugar - BM Brascan Lajes Corporativas (BMLC11B): -2,63%
7º lugar - Kinea Índice de Preços (KNIP11): -3,61%
8º lugar - BTG Pactual Fundo de CRI (FEXC11): -4,11%
9º lugar - Mérito Desenvolvimento Imobiliário (MFII11): -5,49%
10º lugar - Edifício Almirante Barroso (FAMB11B): -5,57%
11º lugar - Caixa Rio Bravo (CXRI11): -5,63%
12º lugar - VBI FL 4440 (FVBI11): -5,80%
13º lugar - Cyrela Commercial Properties (CEOC11): -6,16%
14º lugar - CSHG Logística (HGLG11): -6,22%
15º lugar - CSHG Renda Urbana (HGRU11): -6,52%
16º lugar - BB Progressivo II (BBPO11): -6,59%
17º lugar - UBS (BR) Recebíveis Imobiliários (UBSR11): -6,76%
18º lugar - RB Capital Renda I (FIIP11B): -6,77%
19º lugar - CSHG GR Louveira (GRLV11): -7,05%
20º lugar - Mercantil do Brasil (MBRF11): -7,07%