Minha Aposentadoria

Economize Aposentados começam a receber nesta terça 1ª parcela do 13º salário

Aposentados começam a receber nesta terça 1ª parcela do 13º salário

Calendário segue até o dia 8 de junho e contemplará 31 milhões de segurados do INSS, o equivalente a R$ 25,3 bilhões

Parcela corresponde a 50% do valor do benefício

Parcela corresponde a 50% do valor do benefício

Marcello Casal JrAgência Brasil - 02.01.2020

Aposentados e pensionistas vão receber uma ajuda extra a partir desta terça-feira (25) para amenizar os efeitos da crise financeira provocada pela covid-19.

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai iniciar o pagamento da primeira parcela antecipada do 13º salário. O valor corresponde a 50% do benefício pago ao segurado.

O cronograma de pagamentos vai até 8 de junho. Já a segunda parcela será paga entre 24 de junho e 7 de julho (veja o calendário completo no final do texto).

Normalmente, o crédito ocorre em agosto e novembro. No entanto, o governo decidiu antecipar o pagamento para combater os impactos da pandemia de covid-19 e estimular uma retomada mais rápida da economia.

O INSS divulgou que 31 milhões de segurados receberão a primeira parcela do abono, o equivalente a R$ 25,3 bilhões. Com isso, a folha de pagamentos de maio injetará R$ 76,3 bilhões na economia.

Reprodução/INSS

Os segurados que recebem benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) também têm direito a uma parcela menor do que os 50%. Nesse caso, a antecipação é calculada de acordo com o tempo de duração do benefício.

Por lei, não têm direito ao 13º salário os segurados que recebem benefícios assistenciais. Por isso, o número de benefícios com o 13º salário é menor do que o número total de benefícios pagos pelo INSS.

Quem ganha até um salário-mínimo terá a primeira parcela liberada no período de 25 de maio a 8 de junho, de acordo com o último número do benefício, desconsiderando o dígito.

Já os segurados com benefícios de valores acima do mínimo, receberão de 1º a 8 de junho. A segunda parcela do abono anual será liberada junto com a folha de junho – paga de 24 de junho a 7 de julho.

Considerando todos os 36 milhões de benefícios, a folha de pagamento de maio do INSS injetará na economia R$ 76,3 bilhões.

A medida não tem impacto orçamentário, já que haverá somente a antecipação do pagamento do benefício, sem acréscimo na despesa prevista para o ano.

Últimas