Economize Auxílio emergencial: nascidos em maio podem sacar terceira parcela

Auxílio emergencial: nascidos em maio podem sacar terceira parcela

Dinheiro estava disponível desde o dia 23 de junho para uso na conta digital da Caixa ou no app para pagamento de contas

Benefício será pago em quatro parcelas, com valor médio de R$ 250

Benefício será pago em quatro parcelas, com valor médio de R$ 250

Marcelo Camargo/Agência Brasil - 21.07.2020

Beneficiados do auxílio emergencial 2021 nascidos em maio poderão efetuar o saque em dinheiro da terceira parcela a partir desta quinta-feira (8). Até então, o valor poderia ser utilizado por aplicativo ou depósito nas contas digitais criadas para movimentar o benefício.

O benefício será pago em quatro parcelas, com valor médio de R$ 250, exceção às mulheres chefes de família, que recebem R$ 375, e as pessoas que moram sozinhas, R$ 150.

Na conta digital, o beneficiário pode pagar boletos, realizar compras pela internet e em estabelecimentos comerciais.

O calendário de saque segue de acordo com o mês de aniversário até 19 de julho para quem nasceu em dezembro.

Reprodução/Caixa

Bolsonaro pagará auxílio emergencial por mais três meses

O presidente Jair Bolsonaro editou decreto na segunda-feira (5) que prorroga o pagamento do auxílio emergencial 2021 por mais três meses.

A  medida provisória previu originalmente pagamento em quatro parcelas, de abril a julho, com possibilidade de prorrogação desde que observada a disponibilidade orçamentária e financeira.

Como o R7 adiantou, agora a ajuda aos trabalhadores informais e população de baixa renda durante a pandemia de covid-19 vai até outubro.

“Estou prorrogando o auxílio emergencial por mais três meses enquanto acertamos o novo valor do Bolsa Família para o ano que vem”, afirmou o presidente durante anúncio da medida em rede social ao lado do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e dos ministros Paulo Guedes (Economia), Luiz Eduardo Ramos (Casa Civil) e João Roma (Cidadania).

Últimas