Economize Caixa antecipa pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial

Caixa antecipa pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial

Mudança no calendário foi feita tanto na data de início do crédito do valor do benefício no Caixa Tem quanto na de saque

  • Economize | Do R7

Auxílio começará a ser creditado no Caixa Tem dia 16

Auxílio começará a ser creditado no Caixa Tem dia 16

Marcelo Camargo/Agência Brasil - 28.04.2020

O governo federal e a Caixa anteciparam o calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial 2021. O crédito em conta digital no Caixa Tem começará a cair no próximo dia 16, para os nascidos em janeiro, e vai até o dia 30, com o crédito para quem nasceu em dezembro.

O calendário de saque em dinheiro também foi antecipado: começa no dia 31 de maio e vai até o dia 17 de junho.

O primeiro dia dos créditos no Caixa Tem foi mantido para o dia 16 de maio. As mudanças foram feitas a partir da data para os nascidos em fevereiro.

Já o calendário para saque, estava previsto, inicialmente, para começar em 8 de junho para os nascidos em janeiro. Esse público, agora, poderá sacar o dinheiro a partir do dia 31 de maio.

Confira o calendário completo com as datas de crédito no Caixa Tem abaixo:

Reprodução Caixa

Confira o calendário completo com as datas para saque do auxílio emergencial:

Reprodução Caixa

O calendário de saques da primeira parcela também foi antecipado e os beneficiários puderam retirar os recursos em dinheiro a partir do dia 17 de maio. Antes, o saque estava previsto para começar em 4 de junho.

Novo auxílio emergencial

Os pagamentos do auxílio emergencial 2021 correspondem a quatro parcelas de um valor médio de R$ 250. Mulheres chefes de família receberão R$ 375 e pessoas que vivem sozinhas, R$ 150.

Assim como nas etapas anteriores, o benefício será inicialmente depositado em uma poupança social e, posteriormente, poderá ser sacado. Pelo Caixa Tem, os recursos podem ser utilizados para compras e pagamentos de contas.

Conforme a Caixa Econômica Federal, "o calendário foi organizado para que o atendimento ocorra de forma ordenada e sem aglomeração".

Os pagamentos serão escalonados, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário, em ciclos de crédito em conta e saque em dinheiro.

Para os beneficiários do Bolsa Família que receberão o auxílio, nada muda. Eles continuam a receber conforme o calendário habitual.

Últimas