Com a carne em alta, veja proteínas mais em conta para o seu cardápio

Pedaços de acém e músculo viram deliciosos picadinhos, carne de panela e estrogonofe, segundo chef de cozinha. Grãos também têm alto teor proteico

Pedaços de acém e músculo viram picadinho ou carne de panela

Pedaços de acém e músculo viram picadinho ou carne de panela

Reprodução / Receitas Virtuais

Com o preço da carne bovina nas alturas – o quilo da carne bovina era cotado a R$ 15,79 na segunda-feira (25), segundo levantamento feito pelo Cepea/Esalq/USP (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) –, a opção é buscar alternativas de proteínas mais em conta para compor o seu cardápio do dia a dia.

A pedido da reportagem do R7, a chef funcional Lidiane Barbosa, que também é presidente do Projeto Crescer e Semear, realizado pela ONG – Instituto Alice Henrique de Campos Gonçalves, elaborou uma série de pratos acessíveis e nutritivos para o consumidor driblar a alta da carne.

Leia também: Carnes de frango e suína seguirão bovina e devem ficar mais caras

A primeira opção para quem não dispensa um pedaço de carne no cardápio é buscar cortes mais baratos como o acém e o músculo. “Com eles conseguimos fazer excelentes picadinhos, carne de panela, estrogonofe e ragu [molho de carne moída]”, orienta Lidiane.

Ainda na categoria de proteínas de origem animal, dá para fazer uma série de pratos com ovo. Entre eles, omelete de batata frita, omelete de forno, fritada e ovo em anéis (dá para servir no pimentão, batata, batata-doce, abobrinha, berinjela etc.).

Leia também: Preço da carne não voltará ao patamar anterior, diz ministra

Há, ainda, as proteínas vegetais: leguminosas como lentilha, grão de bico e todos os tipos de feijões.

“A dica para o consumo desses alimentos e aproveitamento do aporte proteico e de nutrientes em geral é o pré-preparo. É importante deixar grãos e leguminosas sempre de molho de um dia para o outro por, no mínimo, 8 horas. Coloque as leguminosas em uma vasilha e encha de água até cobrir e esprema 1/3 limão”, recomenta a chef.

Leia também: Como manter uma alimentação balanceada sem carne, com preços em alta no Brasil

Para os vegetarianos, há, ainda, a planta ora-pró-nóbis, rica em proteína e nutrientes. No seu pré-preparo é preciso fazer o que chamamos de branqueamento. “Coloque as folhas em água fervente e depois em uma vasilha com água e gelo. ”

Confira algumas receitas da chef:

Snacks de grão de bico ou feijão
Ingredientes:
• 300g de grão de bico ou feijão branco
• 30g de azeite de oliva extra virgem ou óleo de coco extra virgem líquido
• 10g de levedura nutricional
• 5g de Lemon Pepper

Segredinhos: deixe o grão de bico de molho por, no mínimo 8h, em água suficiente para cobrir e com 10 ml de vinagre de maçã. Não esqueça se deixar na geladeira!

Leia também: Nem chineses vão pagar carne cara, afirma CNA

Escorra a água do molho.

Coloque o grão de bico em uma vasilha e adicione os demais ingredientes. Misture bem com as mãos. Espalhe em uma assadeira e leve para assar a 160c por 40 minutos.

Bolinha falafel de queijo
• 350g de grão de bico cru
• 100ml de água
• 1 cebola pequena inteira
• 1 dente de alho
• 1/2 limão espremido
• 2 colheres se sopa de azeite de oliva extra virgem
• Sal marinho moído a gosto
• Pimenta Síria
• Salsinha ou coentro a gosto
• Pedaços de queijo (vegano ou de búfala)

Modo de preparo:
Deixe o grão de bico de molho de 24 a 48 horas com água suficiente para cobrir. Acrescente na água 1/2 limão espremido.

Leia também: Por que a carne continuará mais cara em 2020 (e pode piorar)

Cubra com plástico filme e faça furos ou com um paninho fino e transparente e leve à geladeira. Troque a água quando der 24h ou se for deixar de molho por mais tempo.

Retire o grão de bico do molho, despreze a água e bata (ele cru mesmo) com todos os ingredientes no processador ou liquidificador.

Coloque a massa para descansar na geladeira por 1 hora. Faça bolinhas e coloque pedacinhos de queijo no meio. Leve ao forno pré-aquecido a 180c.

A forma precisa estar untada com óleo de coco ou azeite de oliva extra virgem. Pincele também as bolinhas por cima. Deixe no forno por 25 a 30 minutos.

Se quiser fritar, o queijo ficará derretido. Mas não faça por imersão. Coloque o mínimo de óleo na frigideira, que conseguir. Utilize óleo de coco.

Rendimento: 30 bolinhas

Validade: 2 dias na geladeira

3 meses no congelador - só aquecer um pouco em temperatura baixa