Comprar alimentos da estação pode render economia de até 15%

Aproveitar frutas, legumes e verduras com maior oferta pode ajudar no orçamento do mês e beneficiar a saúde de toda a família

Feiras livres ainda são boa opção para encontrar produtos frescos

Feiras livres ainda são boa opção para encontrar produtos frescos

Vlademir Silva/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Os alimentos frescos estão presentes sempre na mesa dos brasileiros. Seja com legumes e verduras durante as refeições ou frutas, depois delas, o costume de escolher a preferida na barraca da feira livre ou no supermercado é passado de geração em geração, junto com história de outros tempos — às vezes acompanhados de um pastel com caldo de cana.

Na hora de escolher o que irá para a mesa, muitos fazem, quase instintivamente, uma avaliação e optam pelos alimentos da estação — que costumam estar mais baratos. Mas o que poucos param para pensar é o tamanho que esta atitude pode garantir.

Segundo André Braz, coordenador do IPC (Índice de Preços ao Consumidor) do FGV-IBRE (Instituto Brasileiro de Economia), o consumidor pode gastar até 15% menos ao escolher produtos em seu período de safra. Uma economia que, se feita durante um ano todo, pode até ajudar na fartura da ceia de Natal, na compra de material escolar ou até para pagar as contas de início de ano.

"A vantagem do clima aqui no Brasil é que nem todos os períodos de baixa temporada são coincidentes, então, enquanto falta um produto, outro tem uma oferta maior. Isso facilita um pouco a gestão do orçamento, porque, se a gente der preferência para os alimentos que estão na safra, consegue alcançar esta economia", afirma Braz.

Chef e consultora especialista em ingredientes naturais, Lidiane Barbosa destaca que, além de ajudar o bolso, comprar os alimentos em sua época de produção ajuda a criar um rodizio alimentar, que, por sua vez, introduz uma dieta mais saudável, fonte de mais nutrientes, mais saborosos e com aroma mais acentuado.

"Os alimentos da estação são mais nutritivos, consequentemente mais saudáveis e saborosos e, por, terem a chance maior de conter menos agrotóxico, dependendo do alimento podemos consumir as ramas (cenouras) ou folhas (como o rabanete), as sementes (da abóbora) e as cascas (da banana), aproveitando assim integralmente o alimento e gerando zero desperdício", orienta Lidiane.

André destaca que as feiras livres ainda costumam ser o ideal para encontrar o melhor produto por um bom preço. "Como são vários feirantes comercializando o mesmo alimento, é possível escolher aquele que vende o fruto mais adequado para cada necessidade e, como a feira oferece uma boa concorrência, é possível pesquisar em busca de um valor melhor."

Já Lidiane destaca que o conceito de que as feiras orgânicas são alguns dos poucos lugares onde se encontra os alimentos da estação mais frescos é algo ultrapassado.

"Atualmente, já estamos entendendo um pouco mais sobre o assunto e, com isso, os supermercados buscam levar ao consumidor os produtos de época com informação. Não é difícil encontrar nos supermercados na parte de hortifrúti o produto e com um "cartaz" ou informação de incentivo de consumi-lo por ser da época", explica a nutricionista.

Abaixo você encontra uma lista com os alimentos específicos de cada mês e uma receita para utilizar a casca da banana verde — Ambas criadas pela nutricionista Lidiane:

Janeiro:

Frutas: carambola, coco verde, laranja-pera, melancia, jabuticaba

Legumes: abóbora, beterraba com as folhas, pimentão verde, pimentão vermelho, tomate

Verdura: alface, cebolinha, salsa, cebola

Fevereiro:

Frutas: abacate, figo, maçã nacional, pera

Legumes: quiabo, toma-caqui

Verdura: gengibre, milho-verde

Março:

Frutas: jaca, limão, mamão

Legumes: abóbora moranga, abobrinha, cará, chuchu, inhame

Verduras: acelga, alho-poró, coentro, rúcula, salsa

Abril:

Frutas: caqui, Kiwi nacional

Legumes: inhame, pepino japonês, pimenta vermelha

Verduras: escarola, nabo, almeirão

Maio:

Frutas: quican, tangerina poncã, maçã nacional

Legumes: abóbora, abóbora japonesa, batata doce, cará, chuchu, mandioquinha, batata inglesa

Verduras: alho-poró, nabo, rabanete

Junho:

Frutas: atemoia, carambola, kiwi-nacional, laranja-lima

Legumes: berinjela comum, ervilha torta, mandioca, batata inglesa

Verduras: agrião, brócolis, cenoura com a rama, milho verde, palmito

Julho:

Frutas: atemoia, laranja-lima, mexerica

Legumes: abóbora, abóbora japonesa, cogumelos, ervilha-comum, cará

Verduras: chicória, coentro, alho-poró, rabanete, salsão, nabo, mostarda

Agosto:

Frutas: banana, caju, carambola, laranja, morango, mexerica

Legumes: abóbora, abobrinha italiana, cará, fava, inhame, mandioca, mandioquinha, pimentão vermelho

Verduras: agrião, alho-poró, brócolis. Erva-doce, escarola, espinafre, mostarda, rabanete, rúcula

Setembro:

Frutas: abacaxi perola, caju, jabuticaba, mexerica, maçã-fuji

Legumes: abóbora, cará, cogumelo, fava, inhame, pimentão vermelho

Verduras: alho-poró, almeirão, brócolis, couve, erva-doce, couve-flor, espinafre, louro

Outubro:

Frutas: abacaxi pérola, acerola, banana, laranja, limão, jabuticaba, manga

Legumes: beterraba com folhas, batata doce, batata inglesa, tomate

Verduras: almeirão, aspargos, cebolinha, folha de uva, espinafre, orégano, mostarda

Novembro:

Frutas: abacaxi pérola, acerola, banana, mamão, maracujá, melancia, melão, nectarina, nozes, pêssego

Legumes: abóbora, abobrinha italiana, inhame, pimentão amarelo, salsa, broto de bambu

Verduras: alho-poró, almeirão, aspargos, beterraba com folhas, brócolis, cebolinha, folha de uva

Dezembro:

Frutas: abacaxi, avelã, amêndoa, ameixa nacional, graviola, melão, pêssego, tomate, vagem

Verduras: aspargos, couve-de-bruxelas, salsa, salsão, rúcula

RECEITA DE CAPONATA DE CASCA DE BANANA VERDE

Ingredientes
300g de casca de banana
60g de cebola
60g de pimentão verde
30g de castanha do Pará
40g de azeitona preta sem caroço
5g de salsinha
50g de azeite de oliva extra virgem
100g de molho de tomate picado

Modo de preparo
Utilize a casca da banana limpa e higienizada. "Limpe" as sobras da polpa que restar da casca com uma colher Corte a casca em quadradinhos. Corte a cebola em cubinhos, o pimentão em cubinhos, quebre bem as castanhas, pique a azeitona, a salsinha, pique o tomate. Coloque todos os ingredientes em um bowl acompanhando o corte. Rendimento 510 g. Deixe na geladeira por algumas horas antes de servir, para curtir o sabor.

Validade de 4 dias na geladeira. Não deve ser congelado.
Rendimento: 650g
Rendimento: 3 porções