Economize Confira as dicas dos especialistas para quem quer começar a investir

Confira as dicas dos especialistas para quem quer começar a investir

Além de estudar sobre o assunto, é preciso controlar os gastos e reservar uma quantia, ainda que pequena, todos os meses para criar o hábito

  • Economize | Pietro Otsuka, do R7

Economizar é o primeiro passo para começar a investir

Economizar é o primeiro passo para começar a investir

Pixabay

André Holanda decidiu começar a fazer seu pé de meia logo que arrumou o primeiro estágio, aos 21 anos. Por ser iniciante no mercado de trabalho, a renda mensal era curta, mas isso não o impediu de poupar.

Leia mais: Investir na Bolsa também é ‘coisa de gente pequena’

Holanda é estudante de contabilidade na FEA-USP (Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária) e conta que sempre quis guardar dinheiro pensando no futuro.

Veja também: Como investir os primeiros R$ 100 na Bolsa de Valores

O convívio na faculdade foi fundamental para ele começar a investir.

"Todo mundo da faculdade investe e sabe falar sobre o assunto. Quando comecei a trabalhar, segui o mesmo caminho."

André Holanda

Para Arthur Igreja, especialista em finanças e tendências e professor convidado da FGV (Fundação Getúlio Vargas), muitos acreditam que conseguiriam poupar se tivessem dinheiro, mas não é assim que funciona.

Leia mais: Quais são as vantagens e desvantagens do consignado?

"Você só terá dinheiro se começar a guardar. Então, isso vem antes de ter dinheiro", diz

Controle de gastos e planos para o futuro

Holanda diz que desde que começou a investir faz uma planilha e controla todos os seus gastos mensais: despesas de casa, pessoal e lazer.

Leia mais: Quer cortar gastos? Listamos 10 dicas para ajudar a sair do vermelho

No entanto, afirma que tenta manter o equilibrio sem se proibir de sair, por exemplo. 

Para Igreja, além de organizar o orçamento e separar uma parcela do salário para investir, é preciso acompanhar a movimentação do mercado.

Leia também: Conheça 3 investimentos que podem complementar o salário

Outro ponto importante é identificar "o seu perfil de investidor e definir quais são seus objetivos com aquele dinheiro", afirma Thiago Godoy, head de educação financeira da XP.

“Quanto risco você está disposto a assumir nesse investimento? Durante quanto tempo está disposto a deixar esse dinheiro investido? Você só vai saber sobre isso mediante seu objetivo de investimento", diz o especialista.

Por onde começar?

O Tesouro Selic é uma boa opção para quem quer começar a investir e a formar a sua reserva de emergência, segundo Godoy.

Leia mais: Aposentadoria: qual é a melhor aplicação para investir no futuro?

"A partir de R$ 30 você consegue investir. É o investimento mais seguro do Brasil e tem uma rentabilidade melhor do que a poupança, que é o produto de investimento mais conhecido do país", afirma. 

Além da segurança, o Tesouro Selic tem outra vantagem, de acordo com Godoy: sua liquidez diária.

Leia mais: É possível começar a investir com R$ 100 por mês? Veja como fazer

A aplicação permite o saque no mesmo dia, o que facilita a vida de quem está começando a investir, caso haja algum imprevisto no orçamento.

'As pessoas não te veem mais como moleque'

Holanda, que abriu a reportagem, diz que a experiência de investir tem sido boa e que já colhe alguns frutos.

Leia mais: Posso aplicar a reserva de emergência no Tesouro Selic?

Além do Tesouro, ele investe em ações de diversos setores.

Para o estagiário, além do retorno financeiro, ele sentiu um reconhecimento maior no lado pessoal também.

Leia mais: Saiba qual é o melhor investimento para cada situação

"Tanto no trabalho quanto em casa, as pessoas começaram a me ver com outros olhos. Você não é mais um moleque, uma criança despreocupada com futuro", completa Holanda. 

Últimas