Finanças Pessoais

Economize Especialista explica por que administrar as finanças ajuda a economizar em tempos difíceis

Especialista explica por que administrar as finanças ajuda a economizar em tempos difíceis

Patrícia Lages acredita que manter os gastos e ganhos anotados podem facilitar a visualização completa da vida financeira, identificando contas desnecessárias

  • Economize | Bruna Vichi, de Branded Content

Não é preciso mais que um lápis, um caderno e uma calculadora para administrar melhor as finanças

Não é preciso mais que um lápis, um caderno e uma calculadora para administrar melhor as finanças

Pixabay

O impacto do coronavírus na economia ainda não pode ser calculado no mundo e nem mesmo no Brasil. Com a pandemia ainda em curso e medidas de isolamento social e lockdown, muitas pessoas viram sua renda diminuir consideravelmente e agora enfrentam dificuldades financeiras. Segundo uma pesquisa feita pelo Google, 70% dos brasileiros já tinham enfrentado algum grau de diminuição de renda na última semana de março, quando medidas restritivas de combate ao coronavírus já entravam em vigor.

Sem perspectivas sobre o fim da pandemia e a recuperação da economia, poupar recursos e identificar prioridade de gastos é essencial. De acordo com a especialista em finanças, Patrícia Lages, nesse momento é extremamente importante ficar de olho nas despesas. “Há muitas ofertas e liquidações, mas é preciso considerar que não sabemos o tempo que a economia vai levar para se reerguer desse tombo enorme e, por isso, é hora de segurar os gastos ao máximo”, avalia. Para a especialista, as necessidades e despesas básicas devem vir em primeiro lugar, inclusive contas de consumo, supermercados e farmácias. “Porém, mesmo focando apenas no básico, é necessário ter tudo na ponta do lápis e reduzir o que for possível”, alerta.

Simule seus investimentos na CM

Há quem se assuste quando recebe a orientação de criar planilhas para administrar os gastos, mas Patrícia explica que não é necessário mais que um caderno, lápis e uma calculadora comum. Ao contrário do que parece, ter um panorama dos principais gastos é simples e ajuda bastante na hora de definir o que é essencial. “É preciso ter a anotação de todas as entradas e saídas, ou seja, dos ganhos e dos gastos para poder analisar item a item”, explica. Dessa forma, segundo Patrícia, a pessoa consegue visualizar suas finanças não só no mês vigente, mas consegue fazer anotações sobre os meses seguintes para se antecipar quando o dinheiro sobra ou falta.

Quem recebeu os R$ 600 de auxílio emergencial do governo também pode usar a quantia de forma inteligente. Patrícia orienta que o dinheiro seja utilizado preferencialmente para a manutenção de despesas básicas. “Se possível, [é importante] poupar parte dele para os meses futuros”, explica. Por outro lado, quem tem dívidas vencidas e dinheiro sobrando pode encontrar boas opções de negociação nesse momento de dificuldades financeiras. Mas Patrícia alerta para o risco de inadimplência, caso a negociação seja estendida. “É preciso entender que de nada adianta renegociar dívidas diminuindo o valor das parcelas e aumentando o prazo. O mais indicado é negociar para quitar a dívida com desconto”, orienta.

Leia mais: Passo a passo para organizar suas finanças

E os investimentos?

Com a volatilidade do mercado e a incerteza sobre os próximos dias, alguns investidores podem pensar que esse é um bom momento para sacar seus investimentos a fim de ter mais tranquilidade para passar pela quarentena, mas Patrícia discorda e afirma que os investimentos precisam de tempo para crescer. “Cada vez que o investidor saca sem necessidade, impede o crescimento do próprio dinheiro. Os saques devem ser feitos respeitando o vencimento das aplicações e somente em casos realmente necessários”, aconselha.

Uma das melhores formas de manter os investimentos seguros, seja para quem vai começar agora a investir ou para quem já é investidor é contar com um time de especialistas na administração dos recursos. A CM Capital, uma das maiores corretoras do Brasil, tem o investimento certo, de acordo com o perfil de cada investidor, e está à disposição, inclusive online, para prestar atendimento aos seus clientes.  E ainda, podendo iniciar os investimentos a partir de R$30,00!

CM Capital: a operadora dos grandes players agora também no varejo

Últimas