Economize IPVA 2021: valor do imposto varia entre R$ 13,22 e R$ 273 mil em SP

IPVA 2021: valor do imposto varia entre R$ 13,22 e R$ 273 mil em SP

Menor custo é cobrado da motocicleta Hero Puch 50, e o maior é da McLaren Senna Coupe, ou seja, uma diferença de 2.000.000%

  • Economize | Do R7

O IPVA mais caro,  R$ 272.644,64, é da Mclaren Senna Coupe

O IPVA mais caro, R$ 272.644,64, é da Mclaren Senna Coupe

Divulgação/McLaren

Os motoristas do Estado de São Paulo ganharão um alívio nas contas de início de ano. A Secretaria de Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo anunciou, nesta quinta-feira (17), que o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) em 2021 será 6,77% mais barato.

O valor mais baixo do IPVA deste ano, de R$ 13,22, será pago pelo contribuinte que tem motos e similares marca/modelo Hero Puch 50, ano 2001.

Leia mais: SP aprova suspensão do IPVA de veículos novos durante pandemia

O mais caro, de R$ 272.644,64, é de uma Mclaren Senna Coupe com fabricação em 2019.

Ou seja, uma diferença de 2.000.000% entre o menor e o maior custo.

Levantamento feito pela Fipe, referente a mais de 12 mil modelos de automóveis, de todas as marcas, e baseado em valores de mercado no último mês de setembro, houve uma queda de preços de venda para automóveis – uma baixa de 7,43%.

Leia mais: Veja 5 revisões que evitam gastos maiores com o carro no futuro

Camionetas e utilitários apresentaram recuo de 6,63, motos tiveram queda de 5,52% e caminhões, de 5,09%. Por fim, os ônibus e microônibus apresentaram baixa de 4,89%.

Veja o IPVA 2021 mais caro e mais barato em SP

Motos e similares

O menor valor do IPVA, de R$ 13,22, é da marca/modelo Hero Puch 50, fabricada em 2001. O maior, de R$ 7.490,88, é de uma Ducati modelo 1299 Superlegge, produzida em 2017.

Automóvel

Na categoria automóveis, o menor valor, de R$ 55,56, será pago por um veículo de fabricação própria de Antonio Carlos, produzido em 2004.

Leia mais: Uber ou carro próprio, o que vale mais a pena? Especialistas calculam

Já o maior, de R$ 272.644,64, será pago pelos motoristas donos de um autómovel marca/modelo Mclaren Senna Coupe, ano 2019.

Utilitário

Entre os utilitários, o IPVA mais barato é da marca/modelo de fabricação própria Tokuji. O veículo, fabricado em 2004 e que custa R$ 3.689,00R$, terá o imposto de 147,56.

Leia mais: Mercedes-Benz encerra produção de carros no interior de São Paulo

O IPVA mais caro será pago pelo proprietário de Rolls Royce Cullinan, fabricado em 2020. O carrão custa quase R$ 3.185.421 e tem imposto no valor de R$ 127.416,84.

Caminhão

O menor valor do IPVA pago na categoria caminhão, de R$ 211,26, é da marca/modelo Hyundai Porter Glelld, fabricação 2001.

Leia mais: BMW 330e brilha pelo desempenho e economia mas custa caro

O maior, de R$ 8.331,98, para a marca/modelo Volvo FH8X4T, fabricação 2014.

Ônibus/micro-ônibus

Na categoria ônibus/micro-ônibus, o IPVA mais barato sairá para a kombi Volkswagen fabricada em 2001. O valor será de R$ 197,74.

O mais caro, de R$ 18.402,40, sairá para um ônibus BYD/MPOLO Torino, fabricado em 2019.

Desconto de 3% no pagamento à vista

O IPVA 2021 poderá ser pago em uma única cota em janeiro, com desconto de 3%, ou parcelado em três vezes, de acordo com o número final da placa do veículo.

É possível, ainda, fazer o pagamento integral em fevereiro, porém, sem desconto.

Os prazos dos caminhões são distintos: o prazo para o pagamento integral (sem desconto) é até o dia 15 de abril, e aos que desejarem parcelar em três vezes, os vencimentos são em março, junho e setembro.

Quem deixar de recolher o IPVA estará sujeito a uma multa de 0,33% por dia de atraso, além de juros de mora com base na taxa Selic. Após dois meses, o percentual da multa é fixado em 20% do valor do imposto.

Últimas