Economize Natal: produtos de moda lideram intenção de compras, diz pesquisa

Natal: produtos de moda lideram intenção de compras, diz pesquisa

Itens como bolsas, sapatos e roupas são os "queridinhos". Levantamento aponta que 55% dos consumidores vão comprar produtos de moda

55% querem comprar roupas, sapatos e bolsas

55% querem comprar roupas, sapatos e bolsas

Pixabay

Cinco em cada dez consumidores vão comprar produtos de moda nesse Natal, segundo pesquisa feita pelo Cuponomia, portal que reúne ofertas com cupons de desconto e cashback para compras no e-commerce.

De acordo com o levantamento, 55% dos entrevistados devem adquirir itens como roupas, sapatos e bolsas. 

Veja também: Ceia de Natal está mais cara puxada pela alta no preço dos alimentos

Ainda segundo a pesquisa, 42% dos consumidores devem apostar no segmento de eletrodomésticos, 26% em itens de decoração e outros 22% preferem gastar com smartphones nas compras de Natal. 

Leia mais: 26% dos brasileiros que querem ir às compras no Natal têm dívidas

“Por ser uma data em que a compra de presentes é maior, a categoria de moda pode ser uma saída para quem quer economizar, pois possui um ticket médio mais baixo em comparação com outras categorias, como TV e smartphone”, afirma Ivan Zeredo, diretor de marketing do Cuponomia.

Em busca de aproveitar os descontos, 64% dos consumidores informaram que pretendiam comprar na Black Friday para adiantar os presentes de Natal.

E-commerce

O levantamento ainda aponta que a maioria das compras deste Natal serão feitas por canais virtuais. Isso não é necessariamente uma surpresa, visto o cenário de pandemia. 

Leia mais: Panetone e brigadeiro podem gerar grana extra no fim do ano. Confira!

De acordo com a pesquisa, 74% dos consumidores pretendem fazer suas compras pelo celular e 59% pelo computador. Por outro lado, 20% vão comprar em lojas físicas.

Leia mais: Ceia de Natal: Procon-SP aponta diferença de até 122% nos preços

A pesquisa entrevistou mais de mil consumidores online de todas as regiões do país no período de 1 a 10 de novembro.

Últimas