Economize Semana Mundial do Investidor será realizada de 5 a 11 de outubro

Semana Mundial do Investidor será realizada de 5 a 11 de outubro

É a primeira vez que o evento ocorre em formato virtual, com objetivo de desenvolver a resiliência financeira “nesse cenário desafiador"

A campanha terá ações educacionais gratuitas

A campanha terá ações educacionais gratuitas

Adriana Toffetti/ A7 Press/ Estadão Conteúdo - 24.04.2020


A Organização Internacional das Comissões de Valores (Iosco) realiza, de 5 a 11 de outubro, a Semana Mundial do Investidor (WIW, do nome em inglês 'World Investor Week'). Esta é a primeira vez que o evento ocorrerá em formato virtual.

Leia também: Suspensão de reajuste de planos de saúde não será retroativa

Segundo informou a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão regulador e fiscalizador do mercado de capitais brasileiro, a decisão da Iosco foi tomada – apesar da pandemia do novo coronavírus – porque a entidade considera necessário desenvolver a resiliência financeira “nesse cenário desafiador”.

Leia mais: Queda da Selic motiva entrada de novos investidores na Bolsa

A Semana Mundial do Investidor é coordenada pelo Comitê 8 da Iosco, que trata de investidores de varejo e é, atualmente, presidido pela CVM. O objetivo do evento é conscientizar e disseminar a importância da educação financeira e da proteção ao investidor.

As instituições interessadas em organizar eventos e participar da Semana Mundial devem entrar em contato com a Divisão de Educação Financeira da CVM, no endereço coece@cvm.gov.br. A campanha terá ações educacionais gratuitas.

Ao longo da WIW 2020, mais de 90 países participantes da campanha global vão promover atividades voltadas para o aumento da educação e conscientização de investidores, como debates e palestras. Na última edição, o evento incluiu investimento digital e gestão de ativos digitais. Já a edição 2020 vai abranger questões relacionadas à tecnologia educacional (Ed-Tech), como educação online, uma que a aprendizagem remota provou ser relevante durante o período de 'lockdown' (confinamento) em diversos países, informou a CVM, por meio de sua assessoria de imprensa.

Últimas