Economize Taxas do cheque especial e crédito pessoal ficam estáveis em março

Taxas do cheque especial e crédito pessoal ficam estáveis em março

Pesquisa do Procon-SP mostra que juro médio da primeira modalidade ficou em 7,96% e o da segunda, em 6,08% ao mês

  • Economize | Do R7

Taxa média do cheque especial ficou estável em 7,96% em março

Taxa média do cheque especial ficou estável em 7,96% em março

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As taxas média do empréstimo pessoal e a do cheque especial em março se mantiveram iguais às de fevereiro. Na primeira, os juros praticados pelos bancos pesquisados ficaram em 6,08% ao mês, puxada pelo índice mais alto, de 8%, do Santander. Na do cheque especial, o índice médio foi de 7,96%, sendo o Banco do Brasil o que praticou a taxa mais baixa (7,73%).

Ao ano, a taxa equivalente do empréstimo pessoal ficou em 103,05%. Já do cheque especial chegou a 150,56%.

Os dados são de uma pesquisa mensal divulgada pela Fundação Procon-SP nesta terça-feira (9) e foram coletados em 3 de março nas seguintes instituições: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Safra e Santander.

Vale ressaltar que o Banco Central, por meio da Resolução nº 4.765, de 27 de novembro de 2019, limitou a cobrança da taxa de juros do cheque especial para pessoa física em 8% ao mês. A resolução passou a vigorar em 6 de janeiro de 2020.

Especialistas do Procon-SP orientam que, antes de contratar um empréstimo, o consumidor deve sempre ponderar se realmente precisa do dinheiro naquele momento e se a prestação caberá no seu orçamento.

"Conforme constatado pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas do Procon-SP, os juros ainda estão em patamares elevados e, principalmente em função da pandemia do Covid-19, a crise econômica tende a perdurar por um bom tempo", diz a instituição.

Veja o comparativo das taxas de juros ao mês no empréstimo pessoal por banco

Banco do Brasil - 5,73%
Bradesco - 7,16%
Caixa Econômica Federal - 3,89%
Itaú - 5,91%
Safra - 5,90%
Santander - 8%

Veja o comparativo das taxas de juros ao mês no cheque especial por banco

Banco do Brasil - 7,73%
Bradesco - 8%
Caixa Econômica Federal - 8%
Itaú - 8%
Safra - 8%
Santander - 8%

O Procon reforça ainda que os dados referem-se a taxas máximas pré-fixadas para clientes (pessoa física) não preferenciais, independentemente do canal de contratação, sendo que, para o cheque especial foi considerado o período de 30 dias e para o empréstimo pessoal o prazo de contrato é de 12 meses.

Últimas