Tesouro zera taxa para aplicações de até R$ 10 mil no Tesouro Selic

Isenção deixará um terço dos quase 1,3 milhão de investidores do Tesouro completamente isentos do pagamento da tarifa

Isenção começará a valer no dia 1º de agosto

Isenção começará a valer no dia 1º de agosto

Pixabay

O Tesouro Nacional e a B3 decidiram reduzir, de 0,25% para 0% ao ano, a taxa de custódia para os investimentos no Tesouro Selic a partir de agosto. O pagamento será cobrado apenas sobre os valores que excederem R$ 10 mil por investidor.

Com a zeragem da taxa, um terço dos quase 1,3 milhão de investidores do Tesouro ficam completamente isentos de tarifa, o que representa 53% de todos aqueles com investimentos ativos no Tesouro Direto.

Leia mais: Investidores podem começar a ‘perder dinheiro’ na renda fixa

As aplicações que ultrapassarem o valor de R$ 10 mil terão as taxas cobradas apenas sobre o excedente. Significa dizer que um investidor com R$ 9.000 alocados na aplicação está isento da taxa, enquanto aquele com R$ 11 mil terá custo referente à taxa de custódia sobre o valor de R$ 1.000.

Confira abaixo os ganhos de acordo com o valor investido:

Reprodução/B3