Três em cada dez gastam mais do que podem com presentes de Natal

Pesquisa da CNDL e SPC Brasil mostra que 85% afirmam que não pretendem deixar de pagar outras contas para realizar compras

Dívida média é de R$ 847,17

Dívida média é de R$ 847,17

Pixabay

Três em cada dez brasileiros (26%) admitem que devem gastar mais do que podem com presentes de Natal, segundo pesquisa da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) divulgada nesta segunda-feira (16).

A pesquisa também mostra que 32% pretendem comprar presentes de Natal mesmo com contas atrasadas. Destes, 66% estão com o nome sujo. A dívida média dos entrevistados é de R$ 847,17. 

Por outro lado, 85% afirmam que não vão deixar de pagar nenhuma conta para fazer as compras de Natal. A pesquisa ainda indica que uma pequena parte dos consumidores agirá de maneira não recomendável: 7% deixarão de pagar alguma conta para realizar a festa de Natal, enquanto 6% não quitarão contas para comemorar o Réveillon.

As contas que devem ficar em aberto pelas festas são o cartão de crédito, internet, telefone, água ou luz e TV por assinatura. 

Metodologia da pesquisa

Foram ouvidas 686 pessoas nas 27 capitais para identificar o percentual de quem pretendia ir às compras no Natal. Depois, a partir de 600 entrevistas, investigou-se em detalhes o comportamento de consumo no Natal. A margem de erro é de 3,7 e 4,0 pontos percentuais respectivamente, para um intervalo de confiança de 95%.  A pesquisa foi realizada entre 07 e 12 de outubro de 2019.