Eletrobras vê aumento de receita após decisão da Aneel sobre taxa de remuneração

SÃO PAULO (Reuters) - A estatal Eletrobras terá receita adicional de mais de 50 milhões de reais por ano com seus ativos de geração e superior a 129 milhões de reais anuais com seus negócios de transmissão a partir de julho, disse nesta segunda-feira o presidente da companhia, Wilson Ferreira Jr.

O aumento da receita deve-se à definição pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) neste mês de novas taxas regulatórias de remuneração de investimentos em geração e transmissão, explicou o executivo, durante teleconferência sobre os resultados de 2019.

Com a decisão da Aneel, a Eletrobras ainda deverá receber uma receita retroativa, referente aos anos de 2018/19 e 2019/20, que será paga em três anos a partir de julho.

Essa receita retroativa somará mais de 98 milhões de reais para ativos de geração e deve superar 258 milhões de reais para transmissão, segundo apresentação divulgada pela companhia.

A diretoria da Aneel aprovou em 10 de março nova metodologia para definição da taxa regulatória de remuneração de capital para investimentos em geração e transmissão de energia, o chamado WACC (sigla em inglês para custo médio ponderado de capital).

None

None

(Por Luciano Costa)