Economia Entenda mecanismo de segurança de documentos para evitar fraude

Entenda mecanismo de segurança de documentos para evitar fraude

Segundo a PF, é importante ficar atento à textura do papel, tamanho, layout, cores, marca-d'água, selos, faixas e impressões

  • Economia | Do R7

Cada vez mais operações policiais têm desarticulado quadrilhas de falsificadores

Cada vez mais operações policiais têm desarticulado quadrilhas de falsificadores

Reprodução/Polícia Federal - 07.01.2021

Conhecer os mecanismos de segurança dos documentos auxilia na hora de identificar possíveis fraudes. Cada vez mais operações policiais têm desarticulado quadrilhas de falsificação no país. Nesta semana, um grupo de um dos maiores falsificadores do país, que vendia kit de R$ 10 mil com todos os documentos que uma pessoa precisa ter para existir, foi alvo de ação em Minas Gerais.

"É importante que o cidadão conheça as características de seus documentos e esteja atento às peculiaridades, como textura do papel, tamanho, layout, cores, marca-d'água, selos, faixas e impressões em relevo, para reconhecer possíveis fraudes e evitar problemas", afirma em nota o Serviço de Perícias Documentoscópicas do Instituto Nacional de Criminalística, da Polícia Federal.

De acordo com o órgão, os documentos de segurança são especialmente projetados para minimizar e dificultar as falsificações e para permitir que sua autenticidade seja verificada pericialmente e pelo público em geral.

Por causa das características de cada documentação, alguns elementos só podem ser examinados em laboratório por peritos treinados, mas outros podem ser verificados por qualquer cidadão.

São exemplos de documentos de segurança:

• Carteira de Identidade
• CNH
• Certidões de nascimento
• Cheques
• Passaporte
• Até mesmo o dinheiro em circulação

Veja as dicas para evitar documento falsificado

• Esses documentos são fabricados com papéis de segurança, que possuem uma textura diferente da do papel comum, podem possuir fibras coloridas e marca-d'água.

• Além disso, são empregadas impressões especiais, que deixam um relevo que pode ser sentido ao toque.

• Por esse motivo, não se deve plastificar totalmente um documento.

• Alguns documentos utilizam tintas especiais que podem ter efeitos de mudança de cor ou aparecer quando o item é visto sob luz negra (ultravioleta).

• O próprio papel de segurança, quando observado à luz negra, pode apresentar fibras que fluorescem de modo que seu fundo permanece escuro, diferentemente do que ocorre com o papel comum, que fluoresce em um tom branco azulado.

Últimas