EUA e China assinarão fase um de acordo comercial no início de janeiro, diz Mnuchin

WASHINGTON (Reuters) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, afirmou nesta quinta-feira que os EUA e a China assinarão a chamada fase um do pacto comercial no início de janeiro, acrescentando que o texto foi totalmente concluído e está passando por uma "enxugada" técnica.

Mnuchin, falando a repórteres na Casa Branca, disse que o acordo comercial já havia sido colocado no papel e traduzido e que não está sujeito a nenhuma renegociação.

"Estamos passando por um problema técnico agora, no qual o acordo é traduzido novamente", disse Mnuchin. "Não espero que haja mudanças. Assinaremos o acordo no início de janeiro".

Ele disse que o foco será a implementação da primeira fase, que exige que as exportações de produtos agrícolas dos EUA para a China aproximadamente dobrem nos próximos dois anos.

No geral, Mnuchin disse ao canal de televisão CNBC que o aumento das compras chinesas de produtos agrícolas, manufaturados, energia e serviços dos EUA acrescentarão cerca de meio ponto percentual ao crescimento econômico dos EUA nos próximos dois anos.

(Por David Lawder)