Economia Exportação de milho do Brasil pode recuar mais de 60% em julho após quebra na safrinha

Exportação de milho do Brasil pode recuar mais de 60% em julho após quebra na safrinha

COMMODS-EXPORTACAO-SEMANAL-JULHO4:Exportação de milho do Brasil pode recuar mais de 60% em julho após quebra na safrinha

Reuters - Economia

SÃO PAULO (Reuters) - A média diária de exportações de milho do Brasil alcançou 65,9 mil toneladas até a quarta semana do mês, conforme dados do governo federal divulgados nesta segunda-feira, e caso se mantenha até o fim desta semana, o país poderá fechar julho com 1,45 milhão de toneladas embarcadas, queda de 63,5% no comparativo anual devido a quebra na segunda safra do cereal.

Em julho de 2020, 173 mil toneladas de milho foram exportadas por dia, somando 3,98 milhões no acumulado do mês, de acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Já em julho deste ano, até a quarta semana, somente 1,21 milhão de toneladas do cereal foram enviadas ao exterior.

Ainda conforme os dados, a média diária de embarques de açúcar ficou em 117,9 mil toneladas, ante 143,06 mil toneladas ao dia no mesmo mês completo de 2020.

(Por Nayara Figueiredo)

Últimas