Economia Famílias britânicas sob lockdown economizam mais no início de 2021

Famílias britânicas sob lockdown economizam mais no início de 2021

MACRO-REINOUNIDO-POUPANCA:Famílias britânicas sob lockdown economizam mais no início de 2021

Reuters - Economia

Por William Schomberg e Andy Bruce

LONDRES (Reuters) - As famílias britânicas aumentaram drasticamente suas economias no início de 2021, pois o retorno aos lockdowns as impediu de visitar bares, restaurantes e muitas lojas, elevando potencialmente seu poder de compra para a recuperação econômica em andamento atualmente.

A taxa de poupança do país, que mede a renda que a família economiza em proporção à renda total disponível, subiu para 19,9%, ante 16,1% no quarto trimestre de 2020, disse nesta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatísticas Britânico (ONS, na sigla em inglês).

Essa foi a segunda maior taxa já registrada, ficando atrás de um salto para 25,9% visto no trimestre de abril a junho do ano passado, durante a primeira rodada de lockdowns contra o coronavírus.

Paul Dales, economista da Capital Economics, disse que o estoque de poupança excedente veio maior do que ele esperava.

"Isso representa um risco positivo maior para o ritmo e a duração da recuperação econômica mais à frente, caso as famílias optem por gastá-lo", disse ele.

Os dados também mostraram que a economia do Reino Unido encolheu um pouco mais do que se pensava anteriormente no primeiro trimestre. O Produto Interno Bruto (PIB) recuou 1,6% no período. O ONS havia estimado anteriormente queda de 1,5% no PIB.

Últimas