Novo Coronavírus

Economia Fiesp vai à justiça pedir suspensão de imposto estadual

Fiesp vai à justiça pedir suspensão de imposto estadual

Paulo Skaf, presidente da entidade, disse que as empresas estão sofrendo de forma dramática a redução da atividade econômica por causa da covid-19

Agência Estado - Economia
'Empresas estão sofrendo', diz Paulo Skaf

'Empresas estão sofrendo', diz Paulo Skaf

RICARDO LISBOA/ESTADÃO CONTEÚDO

A Fiesp e o Ciesp apresentaram na noite de segunda-feira (30), ao Tribunal de Justiça de São Paulo, mandado coletivo pedindo a suspensão por 180 dias do recolhimento de tributos estaduais por conta dos impactos econômicos da pandemia de coronavírus

O pedido vale para o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) relativo aos fatos geradores de março, abril, maio e junho, com a inclusão do ICMS por substituição tributária, os débitos do imposto com o Simples Nacional e os parcelamentos estaduais.

"As empresas estão sofrendo de forma dramática a redução drástica da atividade econômica", disse o presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf.

Se aceita pela Justiça, a solicitação vai valer para todas as empresas com sede no Estado, e não apenas para os sindicatos e as companhias representadas pelas duas entidades.

Skaf lembrou que o próprio governo do Estado já obteve no STF (Supremo Tribunal Federal) liminar para interromper, temporariamente, o pagamento da dívida com a União.

Últimas