Economia Financiamento imobiliário bate recorde em junho, aponta Abecip

Financiamento imobiliário bate recorde em junho, aponta Abecip

Vendas com o uso de recursos da poupança somaram R$ 19,66 bilhões, valor mais de 110% superior ao do mesmo período de 2020

  • Economia | Do R7, com Reuters

Volume financiado se aproxima dos R$ 100 bilhões em 2021

Volume financiado se aproxima dos R$ 100 bilhões em 2021

Pixabay

Os financiamentos imobiliários com recursos das cadernetas de poupança somaram R$ 19,66 bilhões em junho, maior volume para o mês da série histórica iniciada em 1994, divulgou a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) nesta quinta-feira (22).

O montante representa uma expansão de 12,5% ante maio e um salto de 112,1% na comparação com junho do ano passado.

No primeiro semestre de 2021, o montante financiado somou R$ 97,05 bilhões, alta de 123,9% em relação a igual período do ano passado. No acumulado dos últimos 12 meses, o montante financiado somou R$ 177,67 bilhões, alta de 101% em relação ao período anterior.

A advogada e especialista em financiamento imobiliário, Daniele Akamine, da Akamines Advogados, acredita que o atual momento ainda seja indicado para quem quer adquirir um imóvel, considerando os juros ainda baixos e o fato da totalidade dos custos decorrentes da alta do INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) ainda não ter sido repassada para os empreendimentos. “O momento ainda é pró-consumidor, basta ficar atento às condições”.

Para 2021, a Abecip projeta alta de 57% nas concessões de financiamentos imobiliários, que representará um volume total de R$ 195 bilhões, o que deve ajudar na recuperação da economia brasileira.

Últimas