Novo Coronavírus

Economia Floristas esperam compensar as perdas com vendas no Dia das Mães

Floristas esperam compensar as perdas com vendas no Dia das Mães

Campanha pretende aumentar vendas de flores para a data comemorativa, uma vez que setor viu negócios despencarem sem festas e casamentos

  • Economia | Da Agência Brasil

Setor recomenda usar os serviços online para comprar e entregar flores

Setor recomenda usar os serviços online para comprar e entregar flores

Gisele Pimenta/FramePhoto/Folhapress - 07.05.2020

A pandemia de covid-19, que levou ao fechamento de diversos setores, impactou de maneira marcante os produtores de flores, que viram suas perdas chegarem a 100%. Por conta disso, a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) está promovendo a campanha "Abrace com Flores", para incentivar as pessoas a presentearem com flores no Dia das Mães, lembrado neste domingo (10).

"A pandemia interrompeu festas de casamento e eventos sociais, dentre outros, e isso impactou os produtores de flores", explica o presidente da Faesp, Fabio Meirelles. "O Dia das Mães é, também, uma das datas mais importantes para o setor. Por isso, criamos essa campanha para incentivar as pessoas a presentearem com flores."

O estado de São Paulo é o principal produtor e exportador de flores no Brasil. O país tem cerca de 8,3 mil produtores, 60 centrais de atacado (como as cooperativas, por exemplo), 680 atacadistas e prestadores de serviço e mais de 20 mil pontos de varejo.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), a cadeia produtiva movimenta cerca de R$ 10 bilhões por ano, sendo que o estado de São Paulo representa quase 40% desse total. O Dia das Mães acaba tendo uma participação muito grande nessa movimentação, uma vez que é a segunda data mais importante do varejo. Por conta da quarentena, o varejo foi fortemente impactado. Os mais atingidos são os pequenos negócios.

Vendas online

Apesar de a atividade voltar a funcionar para a data, as normas de isolamento social ainda estão em vigor. Por isso, o setor recomenda utilizar os serviços online para compra e entrega de flores.

Podem ser utilizadas diversas plataformas, como a Pertinho de Casa, site de compras que interliga produtores, pequenos varejistas e consumidores, também criado pela Faesp em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-SP) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-SP), com apoio da Accenture, Vtex, Facebook e PagSeguro. As lojas também estão se preparando para atender às demandas.

Últimas