Economia Fluxo cambial ao Brasil fica negativo em US$3,3 bi em pior julho em cinco anos

Fluxo cambial ao Brasil fica negativo em US$3,3 bi em pior julho em cinco anos

BACEN-FLUXOCAMBIAL-JULHO:Fluxo cambial ao Brasil fica negativo em US$3,3 bi em pior julho em cinco anos

Reuters - Economia

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou forte saída de recursos em julho, com fluxo cambial negativo em quase 3,3 bilhões de dólares, o pior para o mês em cinco anos e puxado por nova debandada de capital da conta financeira, mostraram dados do Banco Central nesta quarta-feira.

O saldo do movimento de câmbio contratado foi deficitário em 3,282 bilhões de dólares no mês passado, resultado mais fraco desde abril de 2020 (-6,817 bilhões de dólares) e desde 2015 considerando apenas meses de julho (-3,935 bilhões de dólares).

Em julho de 2019, o resultado havia sido positivo em 2,912 bilhões de dólares.

Houve no mês passado perda de 5,020 bilhões de dólares na conta financeira --por onde passam fluxos para portfólio e relativos a empréstimos, por exemplo. Nas operações comerciais (exportação menos importação), a sobra de moeda foi de 1,739 bilhão de dólares.

Na semana passada, entre 27 e 31, o fluxo cambial ficou positivo em 908 milhões de dólares, com superávit de 1,119 bilhão de dólares nas operações comerciais e déficit de 211 milhões de dólares na conta financeira.

Em 2020, o fluxo cambial está negativo em 15,818 bilhões de dólares, bem pior que a saída de 2,209 bilhões de dólares do mesmo período do ano passado.

(Por José de Castro)

Últimas