FMI diz que precisa de detalhes de planos da Argentina antes de discutir reestruturação de dívida

WASHINGTON (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) compartilha o objetivo do novo governo da Argentina de reduzir a pobreza e promover o crescimento sustentável, mas precisa de detalhes sobre seus planos econômicos antes de discutir qualquer reestruturação da dívida, disse um porta-voz do fundo nesta quinta-feira.

"É importante não ficarmos à frente de nós mesmos... estamos em um estágio muito inicial", disse o porta-voz do FMI Gerry Rice a repórteres em uma entrevista regular à imprensa. "O novo governo está apenas assumindo sua posição. O importante é ouvir as autoridades argentinas sobre suas prioridades, seus planos."

Rice disse que não tinha conhecimento de nenhum plano para uma reunião da diretoria do FMI a fim de discutir condições econômicas na Argentina, a terceira maior economia da América Latina, antes do final do ano.