Novo Coronavírus

Economia FMI está pronto para implantar empréstimo de US$ 1 tri, diz diretora

FMI está pronto para implantar empréstimo de US$ 1 tri, diz diretora

Diretora-gerente do Fundo afirma que "todos os países precisam trabalhar juntos para salvar vidas e limitar os custos econômicos"

Agência Estado
Fachada do Fundo Monetário Internacional

Fachada do Fundo Monetário Internacional

REUTERS/Yuri Gripas

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, afirmou na tarde desta segunda-feira (23), por meio de sua conta oficial no Twitter, que a entidade que lidera está pronta para implantar sua capacidade de empréstimo de US$ 1 trilhão, em meio à pandemia de coronavírus.

Leia mais: OMS: Casos de coronavírus passam de 300 mil e pandemia 'se acelera'

De acordo com ela, o FMI já recebeu perto de 80 solicitações de ajuda de diferentes países. Kristalina Georgieva ainda ressaltou que países emergentes e de baixa renda encontram desafios ainda mais significativos na atual conjuntura.

A diretora-gerente, porém, ressaltou que FMI e Banco Mundial acompanham tal questão de maneira "muito próxima". "Todos os países precisam trabalhar juntos para salvar vidas e limitar os custos econômicos", completou Georgieva, na rede social.

Pandemia se acelera

A pandemia de coronavírus está "acelerando", com mais de 300.000 casos registrados no mundo e notificações em quase todos os países, afirmou nesta segunda-feira o chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus.

O diretor-geral da OMS pediu compromisso político de autoridades mundiais e disse que se dirigirá aos líderes do G20 nesta semana. Ele pedirá que trabalhem juntos para aumentar a produção de equipamentos de proteção para os profissionais de saúde.

Últimas