Coronavírus

Economia FMI prevê recessão global em 2020, mas vê recuperação em 2021

FMI prevê recessão global em 2020, mas vê recuperação em 2021

Fundo avalia que coronavírus poderá resultar em efeito pior do que o observado durante a crise financeira de 2008-2009

Reuters
FMI pretende ampliar financiamento de emergência

FMI pretende ampliar financiamento de emergência

Pixabay

A pandemia do coronavírus causará uma recessão global em 2020, que poderá ser pior do que a observada durante a crise financeira global de 2008-2009, mas a produção econômica mundial deve se recuperar em 2021, disse o FMI (Fundo Monetário Internacional) nesta segunda-feira.

Leia mais: Estudo prevê PIB negativo de até 4,4% com coronavírus

A diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, saudou as ações fiscais extraordinárias já tomadas por muitos países para impulsionar os sistemas de saúde e proteger empresas e trabalhadores afetados, e medidas dos bancos centrais para afrouxarem a política monetária, acrescentando: "ainda será necessário mais, especialmente no fronte fiscal".

Veja mais: Governo corta a 0 projeção para crescimento do PIB em 2020

Ela disse que o FMI vai ampliar com força o financiamento de emergência, afirmando que 80 países já pediram sua ajuda. O Fundo está pronto para usar toda sua capacidade de empréstimo de US$ 1 trilhão, disse ela.

Últimas