Gasolina e diesel sobem nos postos pela 11ª semana seguida, diz ANP

Elevação dos valores praticados nas bombas segue série de aumentos da Petrobras nas refinarias desde meados de abril

Litro da gasolina é vendido por, em média, R$ 4,216

Litro da gasolina é vendido por, em média, R$ 4,216

Sergio Moraes/Reuters

Os preços médios da gasolina e do diesel nos postos brasileiros subiram nesta semana, no 11° aumento consecutivo, mostraram dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) nesta sexta-feira (7), enquanto o etanol também avançou depois de uma queda na semana anterior.

A elevação dos valores praticados nas bombas seguiu uma série de aumentos da Petrobras nas refinarias desde meados de abril, e não arrefeceu nem depois que a estatal anunciou um corte de 4% na gasolina na sexta-feira passada.

Leia também: Nova gasolina deve reduzir consumo em até 6%

O custo médio para o consumidor final do diesel, combustível mais utilizado no Brasil, encerrou a semana em R$ 3,339 por litro, com elevação de 0,5% no período, segundo a ANP. A gasolina foi comercializada em média por R$ 4,216 por litro nos postos, com avanço semanal de 0,3%, de acordo com a agência.

O repasse de reajustes nas refinarias aos postos não é automático e nem obrigatório e depende de uma série de fatores, como margem da distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de biodiesel.

Já o etanol hidratado, concorrente da gasolina nas bombas, encerrou a semana vendido em média por R$ 2,759 por litro, valor 0,66% superior ao da semana anterior.