Economia General Electric tem menor saída de caixa e confirma previsões para 2021

General Electric tem menor saída de caixa e confirma previsões para 2021

EMPRESAS-GE-RESULTS:General Electric tem menor saída de caixa e confirma previsões para 2021

Reuters - Economia

Por Rajesh Kumar Singh e Ankit Ajmera

CHICAGO/BENGALURU, Índia (Reuters) - A General Electric registrou menor saída de caixa que o esperado para o primeiro trimestre, apesar de os negócios com motores para aviões ainda enfrentarem dificuldades como resultado dos impactos das medidas de isolamento social.

A companhia também reafirmou previsões para fluxo de caixa livre e de lucro por ação em 2021. A reafirmação, porém, desanimou investidores que esperavam uma atualização para que a empresa ficasse em linha com outras rivais que elevaram suas expectativas para o ano.

O presidente-executivo da GE, Larry Culp, afirmou que a empresa vai atualizar a perspectiva assim que tiver uma melhor ideia sobre como os negócios no setor aéreo vão desempenhar no restante do ano.

"O que eu realmente queria hoje era fazer com que as pessoas soubessem que tivemos um sólido início de ano no primeiro trimestre", disse o executivo.

A GE divulgou saída de caixa de 845 milhões de dólares ante um fluxo negativo de 2,2 bilhões de dólares um ano antes. Analistas, em média, esperavam saída de caixa de 1,3 bilhão de dólares, segundo dados da Refinitiv.

O primeiro trimestre tende a ser o mais fraco do ano para a GE. Entretanto, melhora de resultados em relação ao ano passado e um melhor nível de capital de giro ajudaram a empresa a reduzir o consumo de caixa.

A GE espera uma melhora similar no fluxo de caixa no atual trimestre.

A divisão de motores para aviões, a principal geradora de recursos da GE, viu uma queda de 28% na receita do trimestre ante o mesmo período do ano passado.

"Podemos ver na China e nos Estados Unidos que quando as pessoas são vacinadas e se sentem mais confiantes, os aviões decolam com pessoas dentro deles", disse Culp. "Infelizmente, isso não é um fenômeno global."

O lucro ajustado no trimestre foi de 3 centavos por ação ante 2 centavos um ano antes. A receita do grupo caiu 12%, para 17,12 bilhões de dólares.

Últimas