Economia Georgieva, do FMI, diz que China deveria reavaliar maneira de lidar com Covid

Georgieva, do FMI, diz que China deveria reavaliar maneira de lidar com Covid

MACRO-GEORGIEVA-CHINA:Georgieva, do FMI, diz que China deveria reavaliar maneira de lidar com Covid

Reuters - Economia

WASHINGTON (Reuters) - A China, segunda maior economia do mundo, deveria reavaliar sua postura de tolerância zero à Covid, dado o surgimento da nova variante altamente contagiosa Ômicron, disse nesta quinta-feira a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva.

Embora essa abordagem tenha contido a pandemia no país por "um bom tempo", as restrições estão se mostrando agora um fardo para as economias chinesa e global, devido ao papel do país de importante fornecedor de bens, disse Georgieva em painel virtual do Fórum Econômico Mundial.

Ela afirmou que a desaceração do crescimento econômico da China deve-se a interrupções causadas pela Covid-19 e ao fato de que o consumo não acelerou como o esperado.

(Reportagem de Andrea Shalal e David Lawder)

Últimas