Economia Gol deverá ter aviões de decolagem e pouso vertical em 2025

Gol deverá ter aviões de decolagem e pouso vertical em 2025

A expectativa é de que o início das operações com os aviões aconteça em meados de 2025, informou a empresa em comunicado

Reuters
Aeronave de pouso e decolagem vertical

Aeronave de pouso e decolagem vertical

REUTERS/ Bell/Agusta Aerospac

A empresa aérea Gol anunciou nesta terça-feira (21) que assinou protocolo de intenções com a Avolon para comprar e ou arrendar 250 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical.

A expectativa é de que o início das operações com os aviões aconteça em meados de 2025, informou a Gol em comunicado, acrescentando que sua controladora, o grupo Comporte, "está provendo os recursos requeridos para o investimento no projeto".

A Gol afirmou ainda que o acordo, não vinculante, faz parte de sua estratégia de expandir operações no transporte regional. O modelo VA-X4 envolvido na parceria pode transportar até quatro passageiros e um piloto, tem alcance de 160 quilômetros e velocidade máxima de 320 quilômetros por hora.

A Avolon espera concluir o certificação do VA-X4, fabricado pela companhia britânica Vertical Aerospace, até 2024.

A Avolon, que concordou em comprar até 500 aeronaves da fabricante britânica, disse que está perto de fechar um acordo com operadoras asiáticas para os 250 jatos restantes, com negócios esperados dentro de 6 a 12 meses.

A Vertical Aerospace é apoiada pela American Airlines, que anunciou recentemente um codeshare exclusivo de 3 anos e um investimento de 200 milhões de dólares na Gol.

Últimas