Governo central tem déficit primário de R$95,065 bi em 2019, melhor desde 2014

BRASÍLIA (Reuters) - O governo central, formado por Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social, registrou um déficit primário de 14,637 bilhões de reais em dezembro, fechando 2019 com déficit de 95,065 bilhões de reais, equivalente a 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

Este foi o sexto dado anual negativo seguido, mas com ampla folga em relação à meta fiscal, de um rombo primário de 139 bilhões de reais. Também foi o melhor resultado primário do governo central desde 2014 (-23,482 bilhões de reais, pela série de valores correntes).

Em dezembro, o dado veio pior que a projeção de um superávit de 3,5 bilhões de reais, segundo pesquisa Reuters.

None

None

(Por Marcela Ayes)