Coronavírus

Economia Governo corta a zero projeção para crescimento do PIB em 2020

Governo corta a zero projeção para crescimento do PIB em 2020

Ministério da Economia já havia reduzido previsão para 2,1% e agora estima apenas 0,02% de crescimento no ano. Itaú acredita em queda de 0,7%

  • Economia | Márcio Pinho, do R7

Governo corta a zero projeção para crescimento do PIB em 2020

Governo corta a zero projeção para crescimento do PIB em 2020

joelfotos/Pixabay

O Ministério da Economia anunciou nesta sexta-feira (20) o corte na projeção de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de 2,1% para 0,02% em 2020. A redução drástica é um reflexo da deterioração da economia em meio ao avanço do coronavírus.

No ano passado, o PIB cresceu 1,1%, acumulando o terceiro ano de pequena alta após dois anos de forte queda.

A previsão em relação ao PIB de 2020 não foi a única a apresentar piora. A expectativa em relação ao dólar é que ele termine o ano em R$ 4,35, mais que os R$ 4,20 estimados antes, porém menos que os cerca de R$ 5 da cotação desta sexta.

Para a inflação, o Ministério da Economia prevê alta de 3,05% do IPCA neste ano, contra percentual de 3,12% antes. O IPCA é o índice que mede alguns dos principais itens de consumo, como alimentos.

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o coronavírus

Já a projeção para o preço médio do petróleo Brent caiu a US$ 41,87 por barril, contra patamar de US$ 52,70 dólares divulgado na semana passada. 

Revisão

O presidente Jair Bolsonaro já havia afirmando nos últimos dias que dificilmente o Brasil cresceria 2% neste ano, em razão da crise do coronavírus. 

A revisão publicada nesta sexta é mais uma entre várias economias do mundo que refazem seus cálculos sobre o crescimento em 2020. Além disso, instituições privadas também divulgam cenários mais pessimistas. 

O Itaú Unibanco, por exemplo, divulgou nesta sexta-feira que alterou sua previsão para o PIB deste ano, de crescimento de 1,8% para queda de 0,7%.

Últimas