Greve dos Caminhoneiros

Economia Governo diz que não há paralisação de caminhoneiros no feriado

Governo diz que não há paralisação de caminhoneiros no feriado

Pelo segundo dia seguido, boletins do Ministério da Infraestrutura mostram que greve que prometia parar rodovias não ocorreu

  • Economia | Do R7

Greve não prosperou, mostram boletins

Greve não prosperou, mostram boletins

Reprodução/Ministério da Infraestrutura

O Ministério da Infraestrutura afirmou nesta terça-feira (2) que não há paralisações de rodovias federais no país. É o segundo dia consecutivo em que a pasta divulga boletins para monitorar a movimentação do transporte no país por causa da ameaça de greve dos caminhoneiros, que teria início ontem, segunda-feira (1º).

No boletim das 8h desta terça, o ministério relata haver manifestantes no Porto de Santos. O número, no entanto, diminuiu consideravelmente, segundo a nota, em relação ao que foi registrado segunda-feira.

"A Polícia Militar de São Paulo e a Guarda Portuária ainda seguem oferecendo escolta para garantir a melhor segurança do fluxo de caminhões que acessa o porto", diz a pasta.

Ontem, segundo a Abcam (Associação Brasileira de Caminhoneiros), quatro portos do Brasil chegaram a ser bloqueados pelos manifestantes: Santos, Recife, Espírito Santo e Bahia. O governo federal, no entanto, negou que os locais estivessem fechados.

O último boletim do Ministério da Infraestrutura relatou ainda que no fim da tarde de ontem a Polícia Rodoviária Federal precisou retirar um grupo de 40 manifestantes que tentavam fechar a rodovia Presidente Dutra, na altura do km 276, no município de Barra Mansa.

A falta de bloqueios dos caminhoneiros pode ser explicada em parte pelas vitórias do governo federal na Justiça no fim de semana – foram obtidas no total 29 liminares que impediam a paralisação em determinados pontos do país.

Últimas