Governo publica decreto que prorroga pagamento de auxílio

Decreto assinado por Bolsonaro e Paulo Guedes garante pagamento de mais duas parcelas de R$ 600 para aprovados

Requerimento do auxílio vai até 2 de julho

Requerimento do auxílio vai até 2 de julho

Saulo Angelo/ Futura Press/ Estadão Conteúdo - 14.05.2020

O governo federal publicou o decreto que prorroga o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 por mais dois meses. 

O texto, publicado no DOU (Diário Oficial da União) desta quarta-feira (1º), garante que a concessão será analisada para aqueles que solicitarem o benefício até 2 de julho. Após este prazo, o governo não irá receber novos cadastros. 

O dinheiro é destinado a trabalhadores informais e autônomos, afetados pela pandemia do coronavírus. 

Artistas

Na segunda-feira (29), Bolsonaro sancionou o auxílio emergencial para artistas informais

A regra atual determina o pagamento de três parcelas de R$ 600 para os aprovados.  A medida tem como objetivo ajudar artistas informais, organizações culturais, cooperativas, pequenas e microempresas, sendo que o dinheiro pode ser usado para a manutenção de espaços artísticos e culturais, realização de editais, chamadas públicas e prêmios, cursos, produções e para o desenvolvimento de atividades de economia criativa, solidária e manifestações culturais, além da realização de atividades que possam ser transmitidas por meios digitais.