Economia Guardiola dá lição de experiência no campo a empreendedores

Guardiola dá lição de experiência no campo a empreendedores

Treinador espanhol do Manchester City participou de evento e defendeu trabalhar duro e fazer o melhor a cada dia

Agência Estado
O técnico espanhol Pep Guardiola participou de evento da XP

O técnico espanhol Pep Guardiola participou de evento da XP

Lance! Galerias

Um dos treinadores de futebol mais badalados do mundo, Pep Guardiola tem uma fórmula simples quando o assunto é ganhar dinheiro: trabalhe muito. Descubra uma coisa em que você realmente é bom, dedique-se a ela, seja o melhor que conseguir. Não acredite que é possível vencer sem esforço. Os resultados, com certeza, virão.

Guardiola acumula 31 títulos em 13 anos de carreira e, atualmente, treina o Manchester City, da Inglaterra, liderando um dos maiores projetos esportivos, com equipe avaliada em mais de 1 bilhão de euros.

O espanhol, que fez uma participação nesta quarta-feira (25) no evento Expert XP, tem salário estimado em mais de 20 milhões de euros por ano - mas seu contrato não é divulgado, pode ser bem mais do que isso. Dá, por baixo, uns R$ 120 milhões. 

Guardiola deu apenas uma dica básica: cerque-se de boas pessoas, de confiança, que o ajudem de verdade. Serve para qualquer coisa na vida, claro. Mas, no caso dos investimentos, deve ser algo como “não acredite em qualquer coisa, não confie em qualquer um”. Ou seja, não tem milagre. Em geral, é bem duro ganhar dinheiro. Mas é preciso esforço também para não perdê-lo.

Enfim, no caso do treinador, ganhar dinheiro é apenas uma consequência do trabalho bem feito. Mas o trabalho, mesmo, é outra coisa que tem uma correlação importante com o mundo corporativo: o gerenciamento de equipes.

Obviamente, no caso dele, não é qualquer equipe. O multimilionário Manchester City tem no elenco alguns dos principais jogadores globais, todos brigando pelas 11 vagas no time titular. O que fazer com a briga de egos? Para o espanhol, isso não chega a ser um problema, pelo contrário. “O ego é importante, seja no futebol, seja numa empresa”, disse. “Todos têm de fazer o seu melhor trabalho, seja por si mesmo, por suas famílias, para que tenham reconhecimento.”

Segundo ele, é para isso que todos trabalham. O papel do gestor, nesse caso, é fazer com que cada um entenda a importância do comprometimento conjunto, mostrar como trabalhar em equipe pode fazer com que os objetivos individuais sejam atingidos.

Como gestor, Guardiola disse que uma das suas ferramentas é evitar falar mal de alguém do grupo, porque isso atrapalha demais o ambiente. “Falar bem é o mesmo esforço de falar mal”, afirmou. E falar bem tem efeitos muito mais positivos.

Últimas