Guedes diz que isolamento social pode desorganizar o setor produtivo

O ministro da economia afirmou ainda que os recursos necessários para as empresas não quebrarem precisam 'começar a chegar já'

Marcos Corrêa/PR - 18.3.2020

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o "lockdown" da economia brasileira poderá provocar uma catástrofe econômica. O isolamento social, necessário segundo o Ministério da Saúde para evitar a propagação da pandemia pela covid-19, pode desorganizar o setor produtivo.

Leia mais: Guedes diz que medidas anunciadas equivalem a mais de 4,8% do PIB

"Sobre (o tempo necessário de isolamento para a) saúde, não sei. Sei quando a coisa começa a desorganizar no setor produtivo", afirmou Guedes em videoconferência com o presidente da XP Investimentos, Guilherme Benchimol, com o estrategista-chefe e chefe de análise da XP, Fernando Ferreira, com o economista sênior da XP, Marcos Ross, e outros sócios da empresa no You Tube.

O ministro afirmou ainda que os recursos necessários para as empresas não quebrarem precisa "começar a chegar já". "Se não, falhamos na execução", disse Guedes.

Sobre a relação entre o Executivo e o Legislativo, Guedes afirmou que é natural ter "barulho", "pressão política". "É algo natural numa democracia o presidente brigar pelo orçamento. O Congresso, querer discutir", disse o ministro acrescentando que tem "certeza que o País vai atravessar a crise".

Guedes também afirmou que há projetos na Câmara dos Deputados pedindo 25% de redução no salário do serviço público. Essas propostas chegam num momento em que, segundo ele, persiste a imagem de o funcionalismo viver em privilégios. Foi essa imagem, inclusive, que impulsionou a reforma da Previdência, segundo afirmou Guedes.