Ibovespa fecha na mínima desde julho de 2017 sem trégua em temores sobre pandemia

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista fechou em forte queda nesta quarta-feira, quando teve acionado o sexto circuit breaker em menos de duas semanas, em meio a sinais crescentes sobre os efeitos negativos das medidas para evitar a disseminação do novo coronavírus nas empresas e na atividade econômica global.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 11,45%, a 66.075,82 pontos, de acordo com dados preliminares, menor patamar desde 31 de julho de 2017. O volume financeiro somava 34 bilhões de reais.

None

Veja o fechamento de outros índices da B3 nesta quarta-feira:

- IBrX 100:-11,63%, 27.944,95​ pontos.

- IBrX 50:-11,53%, 10.634,64 pontos.

- IBrA:-11,81%, 2.621,01 pontos.

- Índice Small Cap (SMLL):-16,01%, 1.493,75 pontos.

- Índice MidLarge Cap (MLCX):-11,23%, 1.280,16 pontos.

- Índice Dividendos (IDIV):-9,43%, 4.579,18 pontos.

- Índice Financeiro (IFNC):-9,57%, 7.812,15 pontos.

- Índice de Consumo (ICON):-13,88%, 2.977,88 pontos.

- Índice de Energia Elétrica (IEE):-10,26%, 55.785,62 pontos.

- Índice de Materiais Básicos (IMAT):-12,82​%, 2.099,90 pontos.

- Índice do Setor Industrial (INDX):-11,75%, 11.826,15 pontos.

- Índice Imobiliário (IMOB):-19,02%, 649,57 pontos.

- Índice Utilidade Pública (UTIL):-12,87%, 5.908,21 pontos.

- Índice de BDRs Não Patrocinados-GLOBAL (BDRX):-0,96%, 7.151,26 pontos.

- Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE):-11,40%, 2.575,04 pontos.

- Índice de Ações com Governança Diferenciada (IGCX):-12,58%, 10.363,55 pontos.

None

(Por Paula Arend Laier)