Economia Ibovespa oscila e dólar abre em alta em meio a instabilidades

Ibovespa oscila e dólar abre em alta em meio a instabilidades

Bolsa brasileira não mostrava tendência clara e variou negativa e positivamente nesta quarta. Dólar abriu em alta, cotado a R$ 5,37

  • Economia | Do R7, com informações da Reuters

Ibovespa não mostrava tendência clara nesta quarta-feira, com oscilações negativas e positivas

Ibovespa não mostrava tendência clara nesta quarta-feira, com oscilações negativas e positivas

Paulo Whitaker/ Reuters

A bolsa paulista não mostrava uma tendência clara nesta quarta-feira (27), em meio a viés relativamente negativo no exterior e com papéis de siderurgia e mineração pesando, enquanto Cielo disparava após abrir a temporada de balanços do Ibovespa com resultado trimestral bem avaliado por analistas.

Leia mais: Gastos de brasileiros no exterior despencam quase 70% em 2020

Às 10h59, o Ibovespa subia 0,13%, a 116.615,79 pontos, tendo já atingido 115.455,82 pontos na mínima e 116.616,21 pontos na máxima. O volume financeiro era de R$ 5,1 bilhões.

Já dólar iniciou as negociações desta quarta-feira em alta, de cerca de 0,8%, cotado a R$ 5,37, em meio a um tom de instabilidade nos mercados internacionais, em especial nas Bolsas da Europa, que teve manhã de queda.

A moeda dos Estados Unidos acumula valorização superior a 25% nos últimos 12 meses. Há um ano, em janeiro de 2020, a cotação girava em torno de R$ 4.

Incertezas na bolsa

Nos Estados Unidos, Wall Street sinalizava uma abertura negativa, em sessão marcada pela divulgação da decisão de política monetária do Federal Reserve, com a temporada de resultados incluindo os números de Apple, Tesla e Facebook no final do dia.

No Brasil, o BTG Pactual observa que permanece a apreensão quanto ao rumo da economia, citando turbulências políticas e muitas incertezas em diversos segmentos, como o andamento das reformas necessárias, o sucesso da vacinação e as eleições das presidências do Congresso, entre outros.

"Tudo isso deixa o índice muito volátil", afirma a área de gestão do banco a clientes.

Os analistas Fernando Bresciani e Pedro Galdi, da Mirae Asset, afirmam continuar com visão positiva para o Ibovespa, mas endossam a premissa da equipe do BTG dizendo esperar volatilidade ao longo dos próximos meses, de acordo com relatório a clientes mais cedo.

Últimas