Importação de carne suína da China em março quase triplica na comparação anual

COMMODS-CHINA-CARNESUINA:Importação de carne suína da China em março quase triplica na comparação anual

PEQUIM (Reuters) - As importações de carne suína da China em março quase triplicaram na comparação com mesmo mês do ano passado, mostraram dados de alfândega nesta terça-feira, com compradores buscando preencher a escassez de oferta doméstica após a peste suína africana ter dizimado o rebanho do país.

Maior consumidora global de carne suína, a China importou 391 mil toneladas do produto em março, contra 127,2 mil toneladas em março de 2019, segundo cálculos da Reuters com base nos dados oficiais.

Os embarques da carne no primeiro trimestre foram de 951 mil toneladas, quase duas vezes mais que o registrado em mesmo período do ano anterior, de acordo com os números da Administração Geral de Alfândegas.

A peste suína africana reduziu em ao menos 40% o rebanho suíno da China e reduziu o número de porcas em até 60% em 2019, o que cortou a produção de carne suína e levou os preços da carne favorita dos chineses a máximas recorde.

A China havia importado 560 mil toneladas de carne suína nos primeiros dois meses de 2020, alta de 158% na comparação anual.

(Por Hallie Gu e Shivani Singh)