Importante indicador econômico do Japão tem queda, e governo muda visão para "em deterioração"

Por Kaori Kaneko

TÓQUIO (Reuters) - Um importante índice econômico do Japão caiu em agosto e o governo rebaixou nesta segunda-feira sua visão da economia para "em deterioração", indicando que o país dependente de exportação pode enfrentar uma recessão.

As preocupações aumentaram à medida que a disputa comercial entre Estados Unidos e China e a desaceleração da demanda externa prejudicam a recuperação econômica do Japão.

O índice de indicadores econômicos coincidentes, que consiste em uma série de dados, incluindo produção industrial, emprego e vendas no varejo, caiu 0,4 ponto em dado preliminar de agosto em relação ao mês anterior, informou o Escritório do Gabinete nesta segunda-feira.

O índice separado para os indicadores econômicos antecedentes, um indicador da economia futura compilado com dados como ofertas de emprego e sentimento do consumidor, caiu 2,0 pontos em relação a julho.

A última vez que o governo fez uma avaliação da economia como "em deterioração" foi em abril.

O rebaixamento pode aumentar a especulação de que o governo aumentará os gastos, depois que o premiê Shinzo Abe disse na sexta-feira que está pronto para tomar "todas as medidas possíveis" se os riscos para a economia se intensificarem, após um aumento nos impostos sobre vendas e crescente incerteza global. [nL2N26P0BJ]

O crescimento do Japão desacelerou devido à disputa comercial EUA-China, que atingiu as exportações do país, levando o sentimento de grandes fabricantes - medido pela pesquisa tankan do banco central do Japão - para uma mínima de seis anos no trimestre de julho a setembro.