Imposto de Renda Entrega de declarações do IR 2021 chega a 42% do previsto este ano

Entrega de declarações do IR 2021 chega a 42% do previsto este ano

Mesmo com a alteração do prazo para entrega da declaração, que foi prorrogado para 31 de maio, o contribuinte deve estar atento

Já foram entregues 13,6 milhões de declarações do IR

Já foram entregues 13,6 milhões de declarações do IR

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Receita Federal recebeu 13.656.522 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2021, ano-base 2020, sendo 44.778 entregues com certificado digital, até as 16 horas desta sexta-feira (16). O que equivale a 42% do previsto para este ano, que é de até 32.619.749 declarações.

Mesmo com a alteração do prazo para entrega da declaração, que foi prorrogado para 31 de maio, o contribuinte deve estar atento. Para quem tiver direito à restituição - valor que a Receita considera que foi pago como excedente no ano-base -, o ideal é enviar os dados logo no começo do prazo ou o mais rapidamente possível, pois o pagamento segue a ordem de chegada das declarações, com as exceções relativas às prioridades previstas em lei.

Agora, quando se tem valor a pagar, é preciso ficar atento a outra data: o dia 10 de maio. Esse é o limite para que o contribuinte opte por pagar o imposto devido por meio de débito automático já a partir da primeira cota, utilizando a conta bancária informada na entrega da declaração.

A Receita Federal informa que o calendário de restituições será mantido sem alterações. Por conta disso, o órgão do Ministério da Economia ressalta, em publicação no site oficial: "Quanto antes for enviada a declaração, mais cedo o cidadão receberá a restituição do IR".

Veja calendário das restituições

1.º lote: 31 de maio de 2021
2.º lote: 30 de junho de 2021
3.º lote: 30 de julho de 2021
4.º lote: 31 de agosto de 2021
5.º lote: 30 de setembro de 2021

ARTE/R7

Últimas