Economia Índices chineses avançam à espera de corte de juros nos EUA, com foco em comércio

Índices chineses avançam à espera de corte de juros nos EUA, com foco em comércio

XANGAI (Reuters) - Os mercados de ações na China fecharam em alta nesta quarta-feira, devido às expectativas de menores custos de empréstimos domésticos e nos Estados Unidos, com a retomada das negociações comerciais entre Pequim e Washington ajudando o apetite pelo risco.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,5%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,3%.

É esperado que o Federal Reserve reduza os principais custos de empréstimos em 25 pontos-base ainda nesta quarta-feira.

Embora o Banco do Povo da China (PBOC, na sigla em inglês) tenha mantido inalterada sua taxa de empréstimo de um ano dentro de sua ferramenta de empréstimo de médio prazo (MLF, em inglês) na terça-feira, analistas ainda esperam que o banco defina as principais taxas de juros (LPRs, na sigla em inglês) em um nível mais baixo na definição mensal, na próxima sexta-feira.

Um corte nas LPRs --taxas de referência da China para novos empréstimos-- poderia levar a custos mais baixos de financiamento para consumidores e empresas em uma economia em desaceleração.

Os investidores também estão monitorando de perto os desenvolvimentos nas negociações comerciais entre EUA e China. Autoridades de menor escalão norte-americanas e chinesas devem se reunir em Washington esta semana, abrindo caminho para negociações de alto nível no início de outubro.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na terça-feira que seu governo pode selar um acordo sobre o comércio com a China antes da eleição presidencial dos EUA em 2020, ou até um dia depois de os norte-americanos irem às urnas.

Os setores de consumo e saúde lideraram os ganhos na China, enquanto as ações de telecomunicações e energia recuaram.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,18%, a 21.960 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,13%, a 26.754 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,25%, a 2.985 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,48%, a 3.910 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,41%, a 2.070 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,51%, a 10.929 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,51%, a 3.166 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,20%, a 6.681 pontos.

(Por redação de Xangai)