Índices da China sobem pela 5ª semana seguida por estímulo e otimismo comercial

XANGAI (Reuters) - Os índices acionários da China recuaram nesta sexta-feira, mas terminaram a primeira semana do ano com a quinta alta semanal depois de Pequim ter afrouxado a política monetária para sustentar a economia.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,18%, enquanto o índice de Xangai perdeu 0,05%.

Na semana, o CSI300 subiu 3,1%, enquanto o SSEC avançou 2,6%, sendo que ambos registraram a quinta semana seguida de ganhos.

Na frente comercial, os investidores aguardam a assinatura da fase um do acordo comercial entre China e Estados Unidos no dia 15 de janeiro.

O mercado também foi impulsionado pela mais recente medida de política monetária da China para dar suporte à economia --o banco central chinês informou na quarta-feira o corte da taxa de compulsório.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei permaneceu fechado.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,32%, a 28.451 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,05%, a 3.083 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,18%, a 4.144 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,06%, a 2.176 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,08%, a 12.110 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,41%, a 3.238 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,64%, a 6.733 pontos.

None

(Reportagem de Luoyan Liu e Brenda Goh)