Economia Indústria do Estado de SP cria 9.500 postos de trabalho em abril

Indústria do Estado de SP cria 9.500 postos de trabalho em abril

Dados da Fiesp apontam que resultado positivo foi puxado pelos setores de alimentos e derivados de petróleo e álcool

Empregos

Fiesp: Indústria aguarda por retomada econômica

Fiesp: Indústria aguarda por retomada econômica

Pexels

A indústria paulista terminou o mês de abriu com 9.500 novos postos de trabalho, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (15), pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Os setores de alimentos (+10.497 vagas) e derivados de petróleo e álcool (+2.216 postos) foram as principais influências positivas do mês, com a contratação de mais de 12 mil novos trabalhadores no mês passado. O 2º vice-presidente da Fiesp, José Ricardo Roriz, atribui o bom desempenho dos setores à sazonalidade da cana de açúcar.

'Tinders do Emprego' conectam empresas e profissionais

"Os demais setores da indústria estão em compasso de espera em razão do baixo desempenho econômico. Como este ano vem apresentando saldos abaixo do esperado, o resultado do emprego no fechamento do ano é preocupante", avalia Roriz.

Entre os setores acompanhados pela pesquisa, 45% apresentaram variações negativas. Os ramos de confecção de artigos do vestuário e acessórios (-738); veículos automotores, reboques e carrocerias (-682) e couro e calçados (-505) puxaram os cortes.

São Paulo e Curitiba lideram criação de vagas formais em 2019