Minha Aposentadoria

Economia INSS vai pagar R$ 25,3 bilhões com primeira parcela do 13º salário 

INSS vai pagar R$ 25,3 bilhões com primeira parcela do 13º salário 

Abono começa a ser depositado junto com o benefício de maio, na próxima terça-feira (25), para 31 milhões de segurados

  • Economia | Do R7

Pagamento da primeira parcela do 13º salário do INSS começa no dia 25 de maio

Pagamento da primeira parcela do 13º salário do INSS começa no dia 25 de maio

Pedro França/Agência Senado - 11.02.2013

A primeira parcela do 13º salário antecipado para aposentados e pensionistas começa a ser depositada na próxima terça-feira (25). Segundo o INSS (Insttudo Nacional do Seguro Social), 31 milhões de benefícios receberão neste mês o abono, o equivalente a R$ 25,3 bilhões. A antecipação será creditada junto com os benefícios de maio.

Leia também: INSS vai bloquear benefício de quem não fizer prova de vida

"Considerando todos os 36 milhões de benefícios (inclusive os assistenciais e as antecipações) a folha de pagamento de maio do INSS injetará na economia R$ 76,3 bilhões. Os depósitos serão feitos até o dia 8 de junho. O desconto do Imposto de Renda será realizado na segunda parcela, em junho", explica o instituto em nota.

O abono terá duas parcelas. A primeira, que corresponde a 50% do valor pago ao segurado no mês de maio de 2021, será depositada juntamente com os benefícios – de 25 de maio a 8 de junho.

Já a segunda parcela, com cobrança de impostos, será paga junto com o benefício de junho – de 24 de junho a 7 de julho. Em geral, o abono é pago ocorre em agosto e novembro, mas tanto em 2020 como em 2021 foi antecipado para diminuir os efeitos da crise da covid-19 entre aposentados e pensionistas.

Veja calendário de pagamento

Reprodução/INSS

Aposentados e pensionistas, em maioria, receberão 50% do valor do benefício em maio. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente.

Os segurados que recebem benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) também têm direito a uma parcela menor do que os 50%. Nesse caso, a antecipação é calculada de acordo com o tempo de duração do benefício.

Quem ganha até um salário-mínimo terá a primeira parcela liberada no período de 25 de maio a 8 de junho, de acordo com o último número do benefício, desconsiderando o dígito.

Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Na hipótese de cessação programada do benefício, prevista antes de 31 de dezembro de 2021, será pago o valor proporcional do abono anual ao beneficiário.

Últimas