Emprego

Economia Instituto oferece 1,5 mil vagas em cursos profissionalizantes gratuitos

Instituto oferece 1,5 mil vagas em cursos profissionalizantes gratuitos

Oportunidades do IOS estão distribuídas em 5 estados e são destinadas a jovens de 14 a 29 anos e pessoas com deficiência

IOS já formou mais de 40 mil profissionais nos setores de tecnologia da informação, administração, RH e atendimento ao cliente

IOS já formou mais de 40 mil profissionais nos setores de tecnologia da informação, administração, RH e atendimento ao cliente

Rodrigo Rodrigues

O Instituto da Oportunidade Social (IOS) acaba de abrir inscrições para 1.524 vagas em 9 cursos gratuitos de formação profissional. As oportunidades, destinadas a jovens com idade entre 14 e 29 anos e pessoas com deficiência, estão disponíveis nos estados de São Paulo (1.064 vagas), Rio de Janeiro (120), Minas Gerais (120), Santa Catarina (80) e Rio Grande do Sul (80). A maioria dos cursos tem duração de um semestre letivo, mas há opções de cursos bimestrais.

As aulas, que focam nas áreas administrativa e tecnológica, terão o formato online ou semipresencial, conforme a disciplina e a unidade escolhida. No caso das aulas online, o IOS fornecerá internet aos alunos que necessitarem de acesso à plataforma virtual de atividades.

As inscrições devem ser realizadas até 12 de agosto no site do IOS: https://ios.org.br/. Para isso, basta estar cursando ou ter concluído o ensino médio na rede pública, além de pessoas com deficiência acima de 16 anos - sem limite de idade.

Vagas e cargas horárias

A maioria das vagas (500) é para o curso de Gestão Administrativa com software de ERP, que tem duração de um semestre letivo e será oferecido pelas unidades de São Paulo (Itaquera, Lapa e Santana), Barueri, Diadema, Belo Horizonte e Joinville.

Há também, com duração de seis meses, 160 vagas para o curso de Montagem e Manutenção de Computadores, oferecido em São Paulo (Santana); 120 vagas para o curso de Suporte em TI, no Rio de Janeiro; 96 vagas para o curso de Infraestrutura e Redes, também em São Paulo (Lapa); 80 vagas para Programação WEB, na cidade de Porto Alegre (RS); 40 vagas para o curso de Informática e Preparação para o Trabalho, na cidade de Hortolândia (SP) - e mais 40 vagas para o curso de Educação Digital, na capital paulista (unidade de Santana).

Ainda em São Paulo, há também cursos rápidos, com duração de 2 meses, que são: Introdução à Programação Web (240 vagas, oferecido nas unidades de Santo Amaro e Santana, em São Paulo, e Atendimento ao Cliente (120 vagas), oferecido na unidade do Jardim Ângela, em plataforma Zendesk.

Conteúdos

Os cursos incluem conceitos administrativos com aulas práticas em softwares de gestão, Português e Matemática, Empregabilidade, Cidadania e Comportamento (Soft Skills). Todos contemplam na grade curricular conceitos e práticas de vivência corporativa, que ensinam o aluno a elaborar e-mails, apresentações, participar de reuniões, ter visão do negócio e até desenvolver o briefing de um produto.

Ao final dos cursos, os alunos formados podem participar do Programa IOS de Oportunidades, que busca vagas de empregos principalmente entre as empresas parceiras da instituição, além de vagas para formação universitária em instituições parceiras da organização.

Serviço

As inscrições devem ser feitas até 12 de agosto no site do IOS. Informações podem ser obtidas na Central de Atendimento: (11) 9-7343-9010 (​WhatsApp). Os documentos para inscrição devem ser originais: RG e CPF do aluno, CPF dos pais ou responsáveis, comprovante de escolaridade, comprovante de residência e comprovante derRenda de todos os moradores da residência. Pessoas com deficiência devem levar laudo médico atualizado.

Fonte de renda

O IOS já formou mais de 40 mil profissionais para os setores de tecnologia da informação, administração, RH e atendimento ao cliente, ampliando a renda dessas famílias em até 49% . Em 2020, mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia, o instituto formou cerca de 1.500 jovens e pessoas com deficiência e contribuiu com o ingresso de 815 alunos no mercado de trabalho.

Últimas