Investidores aumentam apostas em corte de juros pelo BCE devido ao coronavírus

Por Dhara Ranasinghe

LONDRES (Reuters) - Investidores estão precificando uma maior chance de o Banco Central Europeu cortar a taxa de juros em breve, refletindo os elevados temores de o coronavírus se espalhar e afetar com força a economia da zona do euro.

Conforme os novos casos sobem na Coreia do Sul, Irã e Itália, alimentando preocupação de que o surto de coronavírus na China chegará a uma pandemia, investidores começaram a precificar maiores chances de um corte de juros no curto prazo pelo BCE.

Os futuros do mercado monetário Eonia com data para a reunião de julho de 2020 do BCE mostram cerca de 5 pontos básicos de corte de juros agora precificados, contra 3,5 pontos uma semana atrás. Isso equivale a cerca de 50% de chances de um corte de 10 pontos contra 35% na semana passada.

Isso marca uma virada em relação ao início de 2020, quando uma estabilização nos dados levaram à visão de que o BCE pode se encorajar a começar a elevar os juros a partir do próximo ano.