Economia Japão quintuplicará o número de engenheiros para explorar recursos marítimos

Japão quintuplicará o número de engenheiros para explorar recursos marítimos

Tóquio, 21 jul (EFE).- O governo do Japão se propôs em quintuplicar até 2030 o número de engenheiros envolvidos na exploração de recursos marítimos no litoral do país, informou nesta terça-feira o jornal "Japan Times". O plano prevê formar um consórcio integrado pelo governo e os setores privado e acadêmico para aumentar o número de engenheiros atuando no segmento dos 2.000 atuais até 10.000 em 15 anos. O governo do Japão focou sua atenção na exploração dos recursos marítimos nos últimos anos por causa do acidente em Fukushima, que o obrigou a desativar centrais atômicas - responsáveis por um terço da energia produzida no país -, potencializar o uso de fontes renováveis e buscar alternativas para reduzir a dependência de petróleo importado do exterior. Além da possibilidade de encontrar e explorar jazidas de petróleo e gás, o objetivo é também descobrir hidrato de metano, uma fonte de energia alternativa da qual se encontraram vários depósitos no litoral japonês. O Japão conseguiu extrair gás natural a partir do hidrato de metano em um teste realizado em uma fonte da costa leste de seu litoral em 2013, se transformando assim no primeiro país do mundo a completar com sucesso esse procedimento. O próprio primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, destacou recentemente o potencial para a criação de emprego que o setor pode proporcionar ao país. EFE asb/lvl
    Access log