Economia Kuroda, do BoJ, renova promessa de agir se coronavírus afetar economia japonesa

Kuroda, do BoJ, renova promessa de agir se coronavírus afetar economia japonesa

O presidente do Banco do Japão (BoJ, pela sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, renovou nesta quarta-feira a promessa de tomar medidas se julgar que a epidemia do novo coronavírus está afetando ainda mais a economia do país asiático.

"Reconheço que o impacto (da disseminação do vírus na economia) já foi visto", como um declínio no número de turistas chineses e uma forte redução nas vendas de lojas de departamento, disse Kuroda a um comitê do Parlamento japonês.

As vendas de uma das maiores lojas de departamento do Japão, a Mitsukoshi, sofreram queda anual de 36,2% em fevereiro.

"Vamos acompanhar de perto as condições econômicas e movimentos dos mercados e tomar as ações apropriadas, se necessário", disse Kuroda. Fonte: Dow Jones Newswires.

Últimas