Inflação

Economia Luz, água e alimentos aumentam custo de vida em 0,88% em SP

Luz, água e alimentos aumentam custo de vida em 0,88% em SP

Levantamento da FecomercioSP mostra que a classe E enfrenta uma alta de 11,09% no acumulado dos últimos 12 meses

Agência Estado - Economia
Preço dos alimentos ajudou a elevar custo de vida: inflação sacrificou os mais pobres

Preço dos alimentos ajudou a elevar custo de vida: inflação sacrificou os mais pobres

Tânia Rêgo /Agência Brasil

O custo de vida na região metropolitana de São Paulo aumentou em maio, sobretudo entre os mais pobres, mostra pesquisa da FecomercioSP. A inflação foi de 0,88% em relação a abril, quando a alta havia sido mais tímida: 0,18% em comparação a março. No acumulado dos últimos 12 meses, a inflação atinge os 8,42%.

Porém, quem está atualmente na classe E enfrenta uma alta de 11,09% no acumulado dos últimos 12 meses. Já para a classe A, o valor é praticamente a metade: 6,72%. Isso se deve à elevação maior nos preços de itens e serviços básicos, que consomem a maior fatia da renda dos mais pobres.

Em maio, a Habitação foi o grupo que mais colaborou para a inflação, com aumento de 1,76% no geral, impulsionado pelo reajuste nas contas de energia elétrica em 5,75% e de água e esgoto em 4,56%. Alimentos e bebidas também ficaram mais caros. Os produtos que mais subiram no mês, na região metropolitana, foram a cenoura (9,58%), o alho (4,65%) e a carne bovina (4,5%).

Últimas